Ídolo do Los Angeles Lakers, Elgin Baylor morre aos 86 anos

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 23 de março de 2021 as 13:37, por: CdB

Ex-jogador do Minneapolis e do Los Angeles Lakers e membro do Hall da Fama do basquete, Elgin Baylor, visto como um dos maiores alas da história do esporte, morreu na noite de segunda-feira de causas naturais aos 86 anos, comunicou o time da NBA.

Por Redação, com Reuters – de Los Angeles

Ex-jogador do Minneapolis e do Los Angeles Lakers e membro do Hall da Fama do basquete, Elgin Baylor, visto como um dos maiores alas da história do esporte, morreu na noite de segunda-feira de causas naturais aos 86 anos, comunicou o time da NBA.

Lenda do Los Angeles Lakers, ex-ala Elgin Baylor morre aos 86 anos

Nascido em Washington, D.C., Baylor foi o primeiro recrutado no draft de 1958 e Estreante do Ano da Associação Nacional de Basquete dos Estados Unidos em 1959. Ele passou 14 temporadas no Lakers e é considerado um dos maiores jogadores a jamais terem conquistado um campeonato.

Arremessador talentoso e ótimo nos rebotes, apesar de ter 1,95 metro de altura, Baylor detém o recorde de pontos individuais em um único jogo da NBA Finals: 61 contra o Boston Celtics, arquirrival do Lakers, em 1962.

– Elgin foi o amor da minha vida e meu melhor amigo. E como todos os outros, eu ficava maravilhada com sua coragem imensa, sua dignidade e o tempo que ele concedia a todos os torcedores – disse sua esposa, Elaine, em um comunicado.

A camisa 22 de Baylor

A camisa 22 de Baylor foi aposentada e está pendurada nas vigas do Los Angeles’ Staples Center, e o ex-jogador, 11 vezes escolhido para o All-Star Game da NBA, está imortalizado em uma estátua do lado de fora da arena.

– Elgin foi ‘O’ superastro de sua era, seus muitos prêmios atestam isso – disse a proprietária majoritária do Lakers, Jeanie Buss.

Depois de se aposentar, Baylor treinou o New Orleans Jazz e mais tarde foi contratado como gerente-geral do Los Angeles Clippers, passando 22 anos no cargo.

– Antes de haver Michael Jordan fazendo coisas maravilhosas no ar, houve Elgin Baylor – disse Magic Johnson, ex-armador e ex-presidente do time do Lakers, no Twitter.