Ilan Goldfajn, mesmo sem convite para ficar, defende independência do BC

Arquivado em: Comércio, Indústria, Negócios, Serviços, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 7 de novembro de 2018 as 15:37, por: CdB

As perspectivas estavam mistas, uma vez que o quorum no Congresso diminui em semanas de feriado, como a proclamação da República na próxima quinta-feira, ao mesmo tempo em que o clima entre parlamentares ficou mais positivo.

 

Por Redação, com Reuters – de Brasília

 

O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, participou de reunião com lideranças partidárias na presidência da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira em que foi discutida a aceleração do projeto que concede independência para a autoridade monetária e temas de prevenção à lavagem de dinheiro, disse uma fonte com conhecimento do assunto.

Goldfajn, em solenidade no Palácio do Planalto
Goldfajn, em solenidade no Palácio do Planalto

Uma das ideias abordadas no encontro foi como fechar um acordo com lideranças partidárias para votar um regime de urgência para o projeto que concede independência ao BC, permitindo que o texto siga diretamente para o Plenário da Câmara na próxima semana, disse uma segunda fonte à agência inglesa de notícias Reuters.

As perspectivas estavam mistas, uma vez que o quorum no Congresso diminui em semanas de feriado, como a proclamação da República na próxima quinta-feira, ao mesmo tempo em que o clima entre parlamentares ficou mais positivo, depois da eleição de Jair Bolsonaro (PSL), que defende a independência do BC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *