Imagem hiper-realista de Jesus Cristo é criada com ajuda de IA

Arquivado em: Destaque do Dia, Internet, Tecnologia, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 4 de setembro de 2020 as 13:07, por: CdB

Com a ajuda de inteligência artificial, o fotógrafo holandês Bas Uterwijk cria representações artísticas de personagens famosas e, em seu mais novo trabalho, Uterwijk produziu uma foto hiper-realista de Jesus Cristo.

Por Redação, com Sputnik – de Amsterdã

O fotógrafo holandês já havia usado tecnologia para recriar figuras históricas e fictícias, mas foi o seu trabalho mais recente que provocou rebuliço nas redes sociais.

Imagem hiper-realista de Jesus Cristo é criada com ajuda de inteligência artificial
Imagem hiper-realista de Jesus Cristo é criada com ajuda de inteligência artificial

Com a ajuda de inteligência artificial, o fotógrafo holandês Bas Uterwijk cria representações artísticas de personagens famosas e, em seu mais novo trabalho, Uterwijk produziu uma foto hiper-realista de Jesus Cristo.

O artista usou o serviço de rede neural Artbreeder para combinar várias imagens conhecidas de Jesus, incluindo representações artísticas de origem bizantina e renascentista, como “Salvator Mundi”, de Leonardo da Vinci. Uterwijk também tentou adaptar a aparência do profeta à área geográfica e ao tempo em que viveu, como o cabelo e a barba, para que ficasse de acordo com as etnias do Oriente Médio da época.

– No momento, meu retrato de Jesus está se tornando viral, sem que eu seja marcado, então para todos os interessados aqui estão algumas informações sobre o processo para construí-lo.

O resultado

Embora o resultado seja hiper-realista, o próprio artista reconhece que é simplesmente uma das possibilidades de como Jesus poderia ser. O trabalho foi amplamente compartilhado nas redes sociais e muitos internautas expressaram que esta representação de Cristo se distanciava do que é conhecido no Ocidente.

No entanto, outras pessoas consideraram o retrato de Uterwijk a primeira representação convincente do Jesus histórico. “Nunca entendi por que Jesus é retratado com cabelos louros, liso e com aparência escandinava, quando ele é do Oriente Médio”, comentou uma internauta no Twitter.

– O resultado é uma impressão artística de como esse homem (Jesus Cristo) poderia ser, mais do que uma busca científica por uma semelhança exata – afirmou Uterwijk na rede social.