Imigrantes fogem de centro de detenção no México

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 26 de abril de 2019 as 12:18, por: CdB

O México devolveu 15 mil imigrantes nos últimos 30 dias, segundo autoridades, em meio à pressão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para que o país vizinho contenha o fluxo de pessoas que rumam ao norte.

Por Redação, com Reuters – da Cidade do México

Mais de mil imigrantes fugiram de um centro de detenção no sul do México na noite de quinta-feira, disseram autoridades, mais um sinal de como um aumento no número de recém-chegados está sobrecarregando os serviços do país.

Policial ao lado de van depois de recapturar migrantes que fugiram de centro de detenção em Tapachula, no México

Mais tarde, mais da metade dos cerca de 1,3 mil imigrantes voltaram à unidade de detenção na cidade fronteiriça de Tapachula, no Estado de Chiapas, mas ainda não se tem notícia de cerca de 600 deles, informou o Instituto Nacional de Migração em um comunicado.

Imigrantes de Cuba, que representam a maioria dos detidos, estão entre os responsáveis pela fuga, acrescentou o instituto. O jornal mexicano Reforma noticiou que haitianos e centro-americanos também estão entre os que fugiram do local, que estava lotado.

O México devolveu 15 mil imigrantes nos últimos 30 dias, segundo autoridades, em meio à pressão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para que o país vizinho contenha o fluxo de pessoas que rumam ao norte.

Na quarta-feira, Trump reiterou suas ameaças de fechar parte da fronteira se o México não detiver o que descreveu como uma nova caravana de migrantes que segue para os EUA.

A maioria dos imigrantes que atravessa o México vem da Guatemala, Honduras e El Salvador, mas cubanos também estão aparecendo em grande quantidade. Mais de mil deles estão atualmente em Chiapas, segundo autoridades mexicanas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *