Incêndio atinge reserva biológica no Rio de Janeiro

Arquivado em: Destaque do Dia, Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 28 de julho de 2020 as 13:27, por: CdB

Um incêndio já atingiu 10 mil metros quadrados da Reserva Biológica Estadual de Araras, uma área de preservação da Mata Atlântica localizada em Petrópolis, na região serrana fluminense.

Por Redação, com ABr e ABr – do Rio de Janeiro

Um incêndio já atingiu 10 mil metros quadrados da Reserva Biológica Estadual de Araras, uma área de preservação da Mata Atlântica localizada em Petrópolis, na região serrana fluminense. Os bombeiros ainda tentam controlar o fogo, que começou na segunda-feira.

Incêndio atinge 10 mil metros quadrados de reserva biológica no Rio
Incêndio atinge 10 mil metros quadrados de reserva biológica no Rio

De acordo com a Polícia Civil, o fogo é o maior registrado no município neste ano e se alastrou depois que um carro foi incendiado nas proximidades da reserva ambiental. O suspeito é o dono do próprio veículo, que teria forjado o roubo do carro para ter acesso ao prêmio da seguradora.

O homem foi preso em flagrante

O homem foi preso em flagrante ao tentar registrar o roubo do veículo ontem mesmo, depois que a equipe policial desconfiou da versão contada por ele e investigou o caso.

A polícia descobriu que o suspeito havia comprado um galão de gasolina em Três Rios no dia anterior.

A reserva, que recebe apenas grupos de estudantes e pesquisadores, está fechada para visitas devido à pandemia de covid-19.

Receptação

Policiais da 27ª DP (Vicente de Carvalho) prenderam em flagrante, na última semana dois homens e uma mulher por receptação. Eles foram localizados e detidos em Realengo, na Zona Oeste.

De acordo com informações dos agentes, o autores adquiriam diversas baterias furtadas de uma empresa telefônica, no bairro de Vicente de Carvalho, e depois as revendiam. Os presos foram encaminhados ao Sistema Penitenciário onde ficarão à disposição da Justiça.

Policiais da 167ª DP (Paraty) prenderam em flagrante, nesta segunda-feira, um homem de 27 anos, acusado de descumprir medida protetiva. Ele foi detido na Rua Dona Geralda, Centro Histórico da Cidade

De acordo com o delegado Marcello Russo, titular da unidade, o autor foi capturado após sua a ex-companheira comunicar na distrital que ele fazia ameaças e descumpria as medidas protetiva de urgência. Ele foi encaminhado à audiência de custódia.

Homicídio e ocultação de cadáver

Agentes da 32ª DP (Taquara), após informações de inteligência, prenderam na segunda-feira, um homem acusado de homicídio e ocultação de cadáver. Contra ele havia mandado de prisão preventiva pendente expedido pela Justiça.

De acordo com a delegada Carolina Salomão Albuquerque, titular da unidade, as investigações apontaram que, em maio de 2017, o autor  junto com comparsas, torturam um homem, depois o executaram e ocultaram seu cadáver.  A motivação do crime foi a vítima ter supostamente subtraído uma bicicleta.

Ainda segundo a delegada , o autor foi localizado e detido na Estrada do Magarça, em Guaratiba. Ele foi encaminhado ao Sistema Penitenciário onde ficará à disposição da Justiça.