Incêndio destrói centro de distribuição dos Correios em Fortaleza

Arquivado em: Brasil, Destaque do Dia, São Paulo, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018 as 13:08, por: CdB

Segundo a assessoria de comunicação da corporação, as chamas se espalharam rapidamente devido à grande quantidade de material combustível, formada pelas encomendas

Por Redação, com ABr – de Fortaleza:

Um incêndio de grande proporção atingiu cerca de 90% do prédio do centro de distribuição dos Correios em Fortaleza. O espaço possui cerca de 8,5 mil metros quadrados (m²) e ninguém ficou ferido.

Um incêndio de grande proporção atingiu cerca de 90% do prédio do centro de distribuição dos Correios em Fortaleza

O fogo começou na terça à tarde e foi percebido por um vigilante, que acionou o Corpo de Bombeiros. 

Segundo a assessoria de comunicação da corporação, as chamas se espalharam rapidamente devido à grande quantidade de material combustível, formada pelas encomendas. Localizado no bairro Cidade dos Funcionários, o centro recebe as correspondências que chegam a Fortaleza e que são enviadas para outras localidades. A coluna de fumaça pôde ser vista em vários bairros da cidade. 

Nesta madrugada, o Corpo de Bombeiros finalizava os trabalhos de combate ao incêndio, resfriando os focos de fogo. 

Ainda não se sabe qual a dimensão do prejuízo nem a quantidade de encomendas afetadas. Devido ao carnaval e à Quarta-Feira de Cinzas, os Correios não divulgaram orientações aos consumidores afetados.

No dia 2, outro incêndio atingiu o Centro de Entrega de Encomendas de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, destruindo 9 mil encomendas e 6 veículos. As pessoas que tiveram itens consumidos pelas chamas estão sendo indenizadas pelos Correios.

Incêndio em São Paulo

Duas crianças morreram em São Paulo, na madrugada anterior, após um incêndio em casa, na zona sul da capital, onde elas moravam. Segundo o Corpo de Bombeiros, o chamado do incêndio para a Rua Ministro Guimarães Natal, 126, no Campo Belo, foi recebido às 2h58. Dez viaturas foram utilizadas para combater as chamas.

Segundo informações apuradas pela TV Brasil, a mãe de Safira Moraes da Silva, de 1 ano, e Kamilly Vitória da Silva, de 5 anos, disse que estava em casa, com seus sete filhos, quando a faísca de uma tomada atingiu um colchão, provocando o incêndio. Com ajuda dos vizinhos, ela conseguiu retirar as crianças de casa, mas não conseguiu salvar Safira e Kamilly. A ocorrência foi registrada como incêndio e morte suspeita, no 16 Distrito Policial e será encaminhado para o 35 Distrito Policial, que investigará o caso. 

Por meio de nota, a Defesa Civil informou que o incêndio atingiu cinco moradias em uma comunidade do Parque Jabaquara. “A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social está no local e ofereceu acolhimento a todos os envolvidos. Todos preferiram se alojar em casa de parentes. Onze destas pessoas aceitaram kits com cesta básica, colchão e cobertores oferecidos pela secretaria”.

Em seu Twitter oficial, os Bombeiros lamentaram as mortes. “Num dia em que o Brasil festeja, eles (familiares) lamentam essa perda. Oremos por eles”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *