Índia equipa caças com tecnologia avançada para iludir mísseis inimigos

Arquivado em: Destaque do Dia, Internet, Tecnologia, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 19 de agosto de 2021 as 13:53, por: CdB

A tecnologia nacional tem grande importância para a IAF, que não possui caças furtivos, e para as aeronaves de quarta geração não furtivas. O chaff, composto por “milhões de pequenas fibras revestidas de alumínio ou de zinco”, é fundamental para a defesa das aeronaves.

Por Redação, com Sputnik – de Nova Délhi

A Força Aérea da Índia importou a maioria de seus sistemas de guerra eletrônica de empresas israelenses, contudo, o governo indiano decidiu lançar uma lista de itens que vai deixar de importar.

A Força Aérea da Índia importou a maioria de seus sistemas de guerra eletrônica de empresas israelenses

A Força Aérea da Índia (IAF, na sigla em inglês) começou a equipar seus caças com tecnologias chaff avançadas, desenvolvidas pela Organização de Pesquisa e Desenvolvimento da Defesa (DRDO, na sigla em inglês) da Índia, para protegê-los contra mísseis hostis.

Os caças indianos vão detectar os mísseis inimigos usando um receptor de radar de alerta ou sistema de aproximação e alerta de mísseis.

Uma vez que a detecção é finalizada, o sistema chaff é ativado, criando uma assinatura falsa para desviar a direção dos mísseis inimigos, segundo o jornal Hindustan Times.

“A importância desta tecnologia está no fato de que a baixa quantidade de material chaff espalhado no ar atua como um chamariz para desviar os mísseis inimigos, garantindo a segurança do caça. A tecnologia foi entregue à indústria para produção em grandes quantidades para cumprir os requisitos anuais da Força Aérea indiana”, comunicou o Ministério da Defesa do país.

A importância da tecnologia

O ministro da Defesa indiano, Rajnath Singh, elogiou a DRDO, a IAF e a indústria pelo desenvolvimento doméstico destas tecnologias críticas, definindo isso como mais um passo da DRDO para a autossuficiência em tecnologias de defesa estratégica.

A tecnologia nacional tem grande importância para a IAF, que não possui caças furtivos, e para as aeronaves de quarta geração não furtivas. O chaff, composto por “milhões de pequenas fibras revestidas de alumínio ou de zinco”, é fundamental para a defesa das aeronaves.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code