Inflação medida pelo IPCV registra alta de 0,66% em outubro

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado quinta-feira, 4 de novembro de 2004 as 19:52, por: CdB

A inflação medida pelo Índice de Preços do Comércio Varejista – Amplo (IPCV-Amplo) apresentou alta de 0,66% em outubro, no município do Rio de Janeiro. Esta é a sexta alta consecutiva, segundo o Instituto Fecomércio-RJ, que faz o levantamento. A inflação acumulada no ano já chega a 2,45%. Nos últimos 12 meses, a alta é de 2,88%.

O maior crescimento no mês de outubro ficou com o grupo “Artigos para Residência” (1,53%), influenciado pelo aumento no preço do microondas (6,73%) e do fogão (5,92%). “O aumento desses produtos foi influenciado pelo aumento do aço, que chegou agora ao bolso do consumidor”, explicou o coordenador de pesquisas do Instituto Fecomércio-RJ, Paulo César Bruck.

Outro grupo que apresentou alta no IPCV-Amplo foi “Manutenção Predial”, com 1,51%. “O número de 0,66% não é muito forte, mas quebra uma tendência apresentada nos últimos três meses de inflação próxima a 0,30%. A causa foi o aumento desses dois grupos – “Artigos para Residência” e “Manutenção Predial” -, acima da média apresentada nos últimos meses”, diz Bruck.

Os outros grupos analisados pelo IPCV-Amplo apresentaram os seguintes índices: “Despesas Pessoais” (0,95%), Veículos (0,82%), Vestuário (0,78%), Alimentação (0,46%) e “Saúde e Higiene Pessoal” (-0,03%).