Internado com covid-19, Tom Moore morre aos 100 anos

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 2 de fevereiro de 2021 as 14:50, por: CdB

O capitão Tom Moore, veterano britânico da Segunda Guerra Mundial que arrecadou milhões de libras esterlinas para profissionais da saúde da linha de frente da batalha contra a covid-19, morreu aos 100 anos de idade, disse sua família nesta terça-feira.

Por Redação, com Reuters – de Londres

O capitão Tom Moore, veterano britânico da Segunda Guerra Mundial que arrecadou milhões de libras esterlinas para profissionais da saúde da linha de frente da batalha contra a covid-19, morreu aos 100 anos de idade, disse sua família nesta terça-feira.

Capitão Tom Moore caminhou em seu jardim para arrecadar fundos para profissionais de saúde

– É com grande tristeza que anunciamos a morte de nosso querido pai, o capitão Sir Tom Moore – disseram suas filhas em um comunicado.

Moore faleceu na manhã desta terça-feira no Hospital Bedford. Ele havia sido diagnosticado com covid-19 no dia 22 de janeiro e estava lutando contra uma pneumonia. Nos últimos cinco anos, Moore recebeu tratamento para câncer da próstata e de pele, informou sua família.

Ele não havia sido vacinado contra a covid-19 por causa do outro medicamento que estava recebendo.

Reino Unido

Moore sensibilizou o Reino Unido submetido a um lockdown ao andar por seu jardim com a ajuda de um andador para arrecadar 38,9 milhões de libras para o Serviço Nacional de Saúde.

Seu feito espalhou alegria em meio às notícias sombrias do surto de coronavírus.

– O último ano da vida de nosso pai foi nada menos que notável. Ele rejuvenesceu e viveu coisas com as quais só havia sonhado – disseram suas filhas.

– Embora tenha estado em tantos corações somente por um período curto, ele foi um pai e avô incrível, e permanecerá vivo em nossos corações para sempre

Criado em Yorkshire, no norte da Inglaterra, Moore serviu na Índia, em Burma e em Sumatra durante a Segunda Guerra Mundial.

– Lamento muito saber que o capitão Tom faleceu no hospital – disse o ministro britânico da Saúde, Matt Hancock, no Twitter. “Ele foi um grande herói britânico que mostrou o melhor de nosso país”.

.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code