Irã prende suspeitos de ataque suicida que deixou dois mortos

Arquivado em: Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado domingo, 9 de dezembro de 2018 as 11:48, por: CdB

Apesar de ataques suicidas serem raros no Irã, grupos militantes sunitas têm promovido vários ataques contra forças se segurança nos últimos anos na província de istan-Baluchestan, onde Chabahar está localizada.

Por Redação, com Reuters – de Dubai

Forças de segurança iranianas prenderam 10 pessoas suspeitas de vínculos com um ataque suicida executado com um carro-bomba que matou pelo menos dois policiais na semana passada, afirmou o chefe da polícia, Hossein Ashtari, neste domingo.

Forças de segurança iranianas prenderam 10 pessoas suspeitas de vínculos com um ataque suicida

– Boas pistas foram obtidas e com a cooperação do público (…) vamos chegar às principais pistas – disse Ashtari, segundo a agência estatal de notícias IRNA.

Pelo menos 48 pessoas ficaram feridas no ataque suicida de quinta-feira, promovido por um grupo sunita contra um edifício da polícia na cidade portuária de Chabahar, no sudeste do Irã, segundo a mídia estatal.

Apesar de ataques suicidas serem raros no Irã, grupos militantes sunitas têm promovido vários ataques contra forças se segurança nos últimos anos na província de istan-Baluchestan, onde Chabahar está localizada.

A província abriga uma minoria sunita no país de maioria xiita e há tempos é atingido por violência promovida por traficantes de drogas e separatistas.

Teerã acusa o rival regional sunita, a Arábia Saudita, e seu arqui-inimigo, os Estados Unidos, de financiar os militantes sunitas, uma acusação que Riad e Washington negam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *