Israel fecha zona de pesca de Gaza em resposta a foguetes palestinos

Arquivado em: Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 26 de abril de 2021 as 10:31, por: CdB

Israel anunciou nesta segunda-feira a total proibição da pesca por palestinos na zona de pesca da Faixa de Gaza a partir das 06h00 (23h00 no horário de Brasília) até novo aviso. A proibição da atividade é uma resposta de Tel Aviv aos foguetes lançados da Faixa de Gaza em território israelense nos últimos dias, de acordo com o The Jerusalem Post.

Por Redação, com Sputnik – de Jerusalém

Israel anunciou nesta segunda-feira a total proibição da pesca por palestinos na zona de pesca da Faixa de Gaza a partir das 06h00 (23h00 no horário de Brasília) até novo aviso. A proibição da atividade é uma resposta de Tel Aviv aos foguetes lançados da Faixa de Gaza em território israelense nos últimos dias, de acordo com o The Jerusalem Post.

Israel fecha zona de pesca da Faixa de Gaza em resposta a foguetes palestinos

Após três dias seguidos de lançamentos de foguetes por milícias palestinas, Israel decide bloquear zona de pesca como represália aos ataques.

O anúncio foi comunicado pelo órgão Coordenador de Atividades Governamentais nos Territórios (COGAT, na sigla em inglês), que, anteriormente, havia dito que a zona de pesca seria restrita de 15 a nove milhas náuticas, porém, depois que foguetes adicionais foram disparados, o COGAT decidiu fechá-la completamente.

Atos terroristas da Faixa de Gaza

“A decisão foi tomada a partir dos repetidos atos terroristas da Faixa de Gaza contra os cidadãos do Estado de Israel durante os últimos dias, que constituem uma violação da soberania israelense”, disse o COGAT em comunicado citado pela mídia.

O major-general, Ghassan Alian, membro do COGAT, culpou o Hamas pela decisão do governo israelense de fechar a área.

“O Hamas é responsável por tudo o que acontece ou se origina na Faixa de Gaza contra Israel e arcará com as consequências da violência dirigida contra os cidadãos israelenses”, disse Alian citado pelo The Times of Israel.

Os palestinos disseram que os ataques são uma resposta aos insultos sofridos por árabes em Jerusalém, por parte de israelenses, nas comemorações do Ramadã na semana passada, de acordo com a mídia.

A pesca é uma fonte significativa de receita e alimento para Faixa de Gaza e seu tamanho tem variado ao longo dos anos. Em 1990, foi fixada em 20 milhas náuticas pelos acordos de paz de Oslo, depois, foi reduzida a seis milhas sob o bloqueio imposto após o Hamas assumir o controle da Faixa de Gaza em um golpe contra a Autoridade Palestina controlada pelo Fatah em 2007.