Itália investiga ameaças de morte contra ministro da Saúde

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 2 de abril de 2021 as 11:27, por: CdB

O Ministério Público da Itália abriu um inquérito para investigar o envio de e-mails com ameaças de morte ao ministro da Saúde, Roberto Speranza, devido às medidas de restrição impostas pelo governo para conter a pandemia do novo coronavírus.

Por Redação, com ANSA – de Roma

O Ministério Público da Itália abriu um inquérito para investigar o envio de e-mails com ameaças de morte ao ministro da Saúde, Roberto Speranza, devido às medidas de restrição impostas pelo governo para conter a pandemia do novo coronavírus.

Roberto Speranza é ministro da Saúde desde setembro de 2019

A pedido do MP, a polícia militar italiana executou nesta sexta-feira mandados de busca e apreensão contra quatro cidadãos acusados de mandar uma série de mensagens ao ministro entre outubro de 2020 e janeiro de 2021.

Os suspeitos têm entre 35 e 55 anos, são investigados por “ameaça qualificada” e residem nas províncias de Turim, Varese, Cagliari e Enna. Alguns deles já têm passagens pela polícia por crimes semelhantes.

Segundo os investigadores, os suspeitos usaram servidores de e-mail de fora da União Europeia para enviar mensagens com ameaças de violência e até de morte contra o ministro e seus familiares.

A pandemia

Membro do partido de esquerda Artigo Primeiro, Speranza chefia o Ministério da Saúde desde setembro de 2019 e, apesar da postura discreta, é um dos principais defensores no governo de medidas restritivas para frear a pandemia do novo coronavírus.

A Itália teve um confinamento nacional entre março e maio de 2020 e, desde o fim do ano passado, adotou a estratégia de confinamentos regionais para conter a covid-19.

No entanto, com o aumento dos casos e das mortes no início de 2021, 71% da população italiana está atualmente em lockdown, regime que será estendido para todo o país entre 3 e 5 de abril, no feriado de Páscoa.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code