Japão pretende acelerar a aprovação do antiviral remdesivir

Arquivado em: América do Norte, Ásia, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sábado, 2 de maio de 2020 as 13:17, por: CdB

O Japão acelerará a análise do medicamento antiviral remdesivir, da farmacêutica Gilead Sciences, para que ele possa ser aprovado para pacientes domésticos com covid-19 apenas uma semana depois que a empresa americana entrar com o pedido no país, disse o ministro da Saúde neste sábado.

Por Redação, com Reuters – de Tóquio

O Japão acelerará a análise do medicamento antiviral remdesivir, da farmacêutica Gilead Sciences, para que ele possa ser aprovado para pacientes domésticos com covid-19 apenas uma semana depois que a empresa americana entrar com o pedido no país, disse o ministro da Saúde neste sábado.

O Japão acelerará a análise do medicamento antiviral remdesivir, da farmacêutica Gilead Sciences
O Japão acelerará a análise do medicamento antiviral remdesivir, da farmacêutica Gilead Sciences

O comentário do ministro da Saúde Katsunobu Kato ocorre depois de o remdesivir ter recebido autorização para uso emergencial contra o Covid-19 pela FDA (Administração de Alimentos e Medicamentos) dos EUA na sexta-feira.

– Ouvi dizer que a Gilead Sciences entrará com pedido de aprovação (no Japão) dentro de alguns dias – disse Kato a repórteres. “Emiti uma instrução para que estejamos prontos para aprová-lo dentro de uma semana”.

Estado de emergência

O primeiro-ministro Shinzo Abe disse na última sexta-feira que está inclinado a estender o estado de emergência do Japão, que deve expirar em 6 de maio, por mais um mês, já que especialistas dizem que as restrições pelo coronavírus devem permanecer em vigor até que o número de casos caia ainda mais.

O Japão confirmou quase 15 mil casos e 517 mortes por covid-19, segundo uma contagem da NHK.