Japão cancela amistoso com Chile após forte tremor

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 6 de setembro de 2018 as 11:21, por: CdB

A Associação de Futebol do Japão (JFA) disse ter tomado a decisão após considerar a magnitude dos danos provocados pelo tremor, como ampla falta de energia, interrupções no sistema de transportes, assim como a segurança do espectador

Por Redação, com Reuters – de Tóquio/Munique

O Japão cancelou um amistoso contra o Chile que seria disputado no estádio Sapporo Dome na sexta-feira depois que um forte terremoto atingiu a ilha de Hokkaido, informou a federação de futebol do país.

Equipes de resgate procuram sobreviventes em casa destruída por terremoto na cidade japonesa de Hokkaido

A Associação de Futebol do Japão (JFA) disse ter tomado a decisão após considerar a magnitude dos danos provocados pelo tremor, como ampla falta de energia, interrupções no sistema de transportes, assim como a segurança do espectador.

– Devido aos efeitos do terremoto, a Associação de Futebol do Japão decidiu cancelar a partida da Copa Kirin 2018 entre a seleção japonesa e a seleção nacional do Chile – disse a JFA em comunicado nesta quinta-feira.

O terremoto de magnitude 6,7 em Hokkaido deixou pelo menos sete mortos, desencadeando deslizamentos de terra e cortando a energia para cerca de 5,3 milhões de moradores.

– Nossos pensamentos e orações estão com todos aqueles afetados em Hokkaido – disse o presidente da JFA, Tashima Kohzo.

A partida seria a primeira da seleção japonesa sob comando do novo técnico, Hajime Moriyasu. O Japão deve jogar contra a Costa Rica no dia 11 de setembro em Osaka.

Título da Copa do Mundo deve dar poder à França

A Alemanha é um time de primeira classe, apesar de sua eliminação precoce da Copa do Mundo, mas a França deve ter a vantagem quando os dois times se enfrentarem na quinta-feira, disse o técnico francês, Didier Deschamps, na quarta-feira.

Os franceses, que conquistaram seu segundo título mundial em julho, encaram a anfitriã Alemanha na estreia da Liga das Nações, seu primeiro jogo desde a final do Mundial contra a Croácia.

Os alemães sofreram uma eliminação chocante na fase de grupos da Copa do Mundo, sua mais prematura em 80 anos, e o técnico Joachim Loew está sendo pressionado para reverter o quadro rapidamente para os tetracampeões.

– A Alemanha foi campeã mundial. A Alemanha era a favorita nesta Copa do Mundo também – disse Deschamps aos repórteres. “Não deu certo para eles, mas a qualidade está lá. Eles continuam sendo um time de primeiro nível. Tenho muito respeito por esse time e pelo que ele representa”.

Mas Deschamps acredita que sua seleção, que jogará em Munique com todos seus astros, como Kylian Mbappé, Antoine Griezmann e Paul Pogba, terá a superioridade.

– Este título deve nos dar poder, poder que nos dá confiança, poder que nos alimenta – disse. “Fisicamente é o início da temporada, e alguns de meus jogadores começaram mais tarde. Foi uma preparação curta, e em um mês será melhor”.

– Será difícil, mas temos a vantagem por causa do capital de confiança do título.

A França não contará com o capitão e goleiro Hugo Lloris na partida inaugural do novo torneio, criado principalmente para substituir amistosos internacionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *