JFE Steel venderá sua parte na Companhia Siderúrgica de Tubarão

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado terça-feira, 1 de julho de 2003 as 03:16, por: CdB

A empresa metalúrgica japonesa JFE Steel está negociando a venda de sua participação na brasileira Companhia Siderúrgica de Tubarão (CTS) como parte de uma reestruturação que procura aumentar sua competitividade, informa, nesta terça-feira, um jornal econômico local.

Segundo o jornal Nihon Keizai, entre os candidatos à compra dos 10,3 por cento que a JFE possui, estão outros participantes na sociedade como a empresa Arcelor de Luxemburgo.

A quantia da venda oscilará entre os 83 e os 166 milhões de dólares nos quais será incluída a participação das comercializadoras Mitsui e Mitsubishi, que possuem um capital combinado equivalente a 10,1 por cento na CTS, acrescenta a informação.

O jornal afirma que depois da transferência, a CTS ficará em poder de uma filial da Arcelor que controla atualmente 43,9 por cento e do produtor de ferro Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) que possui 20,5 por cento.

Com uma produção anual de cinco milhões de toneladas de aço, a CST é a quarta siderúrgica do Brasil e foi estabelecida em 1974 pelo governo brasileiro, uma empresa italiana estatal e a extinta Kawasaki Steel do Japão.

A Kawasaki Steel foi fundida com a Nippon Kokkan (NKK) para formar a JFE Steel em setembro passado e desde então centram suas operações na consolidação e na redução de custos, afirma o jornal.