Jogos de Tóquio redistribui orçamento mantido em US$ 12,14 bilhões

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 21 de dezembro de 2018 as 12:01, por: CdB

A menos de 600 dias para os Jogos, o orçamento está “entrando finalmente em uma fase de plena implementação”, disse o diretor-executivo da Tóquio 2020, Toshiro Muto.

Por Redação, com EFE – de Tóquio/Palma de Mallorca

O comitê organizador da Tóquio 2020 publicou nesta sexta-feira uma atualização do seu orçamento para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, mantido em 1,35 trilhão de ienes (US$ 12,14 bilhões), mas com uma redistribuição qualitativa.

O comitê organizador da Tóquio 2020 publicou nesta sexta-feira uma atualização do seu orçamento para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos

A menos de 600 dias para os Jogos, o orçamento está “entrando finalmente em uma fase de plena implementação”, disse o diretor-executivo da Tóquio 2020, Toshiro Muto, em comunicado no qual explicou que a redistribuição beneficia algumas áreas e reduz “com sucesso” o investimento em outras.

Neste sentido, os custos com transporte aumentaram 40%, para 35 bilhões de ienes (US$ 314,8 milhões), e os de operações 5%, até 105 bilhões de ienes (US$ 944,2 milhões), um aumento que foi possível graças à redução na contingência existente e à economia gerada pela Agenda Olímpica 2020.

– Ainda há muito trabalho a fazer para controlar as despesas – mas a organização continuará se esforçando “para maximizar as receitas, conter os custos e manter o orçamento” dentro da margem atual, acrescentou Muto.

O comitê também informou que sua previsão de lucro com patrocínios nacionais aumentou em 3,4%, para 320 bilhões de ienes (US$ 2,8 bilhões), que contribuirão para financiar o orçamento sob sua responsabilidade, de índole privada, e que foi mantido em 600 bilhões de ienes (US$ 5,3 bilhões) do total.

Também será mantido o orçamento a cargo do governo local de Tóquio e o central, de 750 bilhões de ienes (US$ 6,7 bilhões).

Dessa quantia, 345 bilhões de ienes (US$ 3,1 bilhões) serão destinados às nove sedes que estão sendo construídas para os Jogos, entre elas o novo Estádio Olímpico de Tóquio.

– Estas instalações servirão para o esporte japonês e para população local durante as próximas décadas, abrigando não só esportes, mas também eventos musicais, culturais e de outra índole – disse a organização em seu relatório.

Nadal doa 1 milhão de euros para cidade espanhola arrasada por enchente

O tenista espanhol Rafael Nadal doou 1 milhão de euros (R$ 4,44 milhões) para as famílias atingidas pela enchente que arrasou a cidade de Sant Llorenç, vizinha a Manacor, onde o atleta nasceu, no dia 9 de outubro.

A informação foi revelada nesta quinta-feira pela Câmara Municipal de Sant Llorenç, em um comunicado público de agradecimento, em nome de todos os habitantes, ao número 2 do ranking mundial da ATP.

– Sabemos do imenso afeto e da humanidade dele, que é tão grande como o seu talento e os seus resultados. Nos mostrou isso dentro e fora das quadras – diz o texto.

Por causa da enxurrada do dia 9 de outubro, 13 pessoas morreram em Sant Llorenç. Além disso, diversas casas e estruturas da cidade foram destruídas. Para ajudar na reconstrução, Nadal participaria de um jogo beneficente no último dia 7, mas, acabou impedido por uma lesão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *