Johnson diz que solução para o Brexit ainda está distante

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 3 de outubro de 2019 as 10:13, por: CdB

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse que a solução para o Brexit ainda está um pouco distante.

Por Redação, com Reuters – de Londres

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse que a solução para o Brexit ainda está um pouco distante, mas afirmou que a salvaguarda irlandesa tem de ser abolida e que a União Europeia reagiu construtivamente às suas propostas para um novo acordo.

Premiê britânico, Boris Johnson, em Londres
Premiê britânico, Boris Johnson, em Londres

– Enquanto estou aqui hoje, ainda estamos um pouco longe de uma resolução; cabe aos nossos amigos europeus aceitar a necessidade de abordar essas questões – disse Johnson ao Parlamento.

O premiê saudou as ligações construtivas que teve com a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, e o premiê da Irlanda, Leo Varadkar, bem como o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.

Johnson reafirmou que, se um acordo não for possível, o Reino Unido ainda assim deixará o bloco europeu em 31 de outubro.

Parlamento britânico

Um novo plano do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, para o Brexit deve ter apoio suficiente para ser aprovado pelo Parlamento do Reino Unido, disse nesta quarta-feira o ministro Michael Gove.

O Parlamento britânico rejeitou três vezes um acordo de saída anterior apresentado pela ex-primeira-ministra Theresa May, mas alguns parlamentares da ala mais pró-Brexit do Partido Conservador, governista, e alguns parlamentares do Partido Trabalhista, de oposição, sinalizaram apoio à nova proposta de Johnson.

O Partido Unionista Democrático, da Irlanda do Norte, também elogiou o plano que foi enviado a Bruxelas mais cedo nesta quarta-feira.

– Me parece ser uma maioria bem sólida – disse Gove, ministro para preparação para uma saída sem acordo, ao programa Peston, da rede ITV.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *