Juiz Marcelo Bretas manda liberar de vez o sócio de Cabral na roubalheira

Arquivado em: Política, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018 as 15:22, por: CdB

Bretas considerou que Cavendish vem colaborando com o processo; e aceitou parecer do Ministério Público Federal (MPF) no sentido de liberar o empresário do recolhimento domiciliar integral.

 
Por Redação – do Rio de Janeiro

 

Em decisão foi tomada na véspera, o juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, liberou o empreiteiro Fernando Cavendish, dono da Construtora Delta, de cumprir prisão domiciliar. O empresário já está de volta à residência, no Leblon, baixo de alto luxo na Zona Sul da Cidade.

O juiz federal Marcelo Bretas determinou a transferência de Sergio Cabral. Gilmar Mendes vetou
O juiz federal Marcelo Bretas aceitou o argumento do Ministério Público

Bretas considerou que Cavendish vem colaborando com o processo; e aceitou parecer do Ministério Público Federal (MPF) no sentido de liberar o empresário do recolhimento domiciliar integral.

“A revogação da medida cautelar de recolhimento domiciliar não se torna mais necessária, pois a sua liberdade não mais põe em risco o regular andamento do processo. Portanto, diante da conduta colaborativa do réu Fernando Antonio Cavendish Soares, e manifestando-se o Ministério Público Federal pela revogação das medidas cautelares que restringem a sua liberdade, defiro o requerimento da defesa e revogo as medidas cautelares que recaem sobre o réu, notadamente o recolhimento domiciliar integral”, escreveu Bretas em sua decisão.

O empreiteiro foi preso em julho de 2016, no âmbito da Operação Saqueador; um desdobramento da Lava Jato. Apesar de revogar a prisão domiciliar; o juiz proibiu que Cavendish saia do Brasil e determinou que ele entregue seu passaporte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *