Justiça italiana abre investigação sobre morte de capitão da Fiorentina

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 5 de março de 2018 as 14:11, por: CdB

Procuradores italianos irão abrir procedimentos para determinar se a morte repentina do capitão da Fiorentina, Davide Astori, no domingo pode ser considerada um homicídio culposo

Por Redação, com Reuters – de Roma:

O jogador de 31 anos, que fez 289 aparições na Série A e jogou 14 vezes pela Itália, morreu subitamente no hotel do time em Udine, antes de uma partida contra a Udinese. O jogo foi adiado, assim como todos os outros compromissos da Série A previstos para domingo.

Capitão da Fiorentina, Davide Astori, durante coletiva de imprensa

O procurador de Udine, Antonio De Nicolo, disse à emissora Rai, em entrevista de rádio; que uma autópsia será conduzida na terça-feira.

– É nosso dever descobrir se isso foi uma trágica fatalidade ou se alguém poderia ter detectado algo – disse; acrescentando que não havia nenhuma indicação de homicídio doloso ou suspeita contra qualquer indivíduo.

Procuradores na Itália são obrigados a investigar casos desse tipo.

Na segunda-feira, fãs continuaram a se reunir no estádio Artemio Franchi da Fiorentina para homenagear o jogador; deixando flores, lenços e mensagens como“Ciao, Capitano”.

O time disse no Twitter que o funeral de Astori acontecerá em Florença na quinta-feira e a Uefa disse que haverá um minuto de silêncio antes de todos os jogos da Liga dos Campeões e da Liga Europa desta semana.

Neymar recebe alta de hospital após cirurgia

O atacante Neymar recebeu alta no domingo do hospital Mater Dei, em Belo Horizonte, onde foi submetido na véspera a uma cirurgia para colocação de um parafuso no quinto metatarso do pé direito.

Neymar deixou o hospital em um helicóptero e estava de muletas, mostraram imagens de televisão. Ele seguiu para sua casa em Mangaratiba, no Rio de Janeiro.

No sábado, o jogador passou por uma cirurgia bem-sucedida; para“inserção de um parafuso associado a um enxerto colocado ao nível da lesão do quinto metatarso direito”, segundo seu clube, o Paris Saint-Germain.

A reabilitação começou imediatamente no pós-operatório; e será acompanhada a partir de agora por um fisioterapeuta do time francês.

A cirurgia

A cirurgia foi realizada pelo médico da seleção brasileira Rodrigo Lasmar; que afirmou que o atacante será avaliado em seis semanas; sempre em parceria entre profissionais da seleção e do clube.

“Em seis semanas realizaremos nova avaliação com exames de imagem para que possamos observar a resposta e a evolução de sua recuperação”, disse Lasmar a jornalistas no sábado.

Neymar sofreu uma fissura no quinto metatarso do pé direito causada por uma torção no tornozelo em partida do PSG no dia 25 de fevereiro, contra o Olympique de Marselha, pelo Campeonato Francês.

Principal jogador do Brasil, Neymar deverá retornar aos gramados pouco antes da Copa do Mundo na Rússia, que começa em junho.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *