Juventus e Fiorentina revivem rivalidade pelo Italiano

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado terça-feira, 9 de novembro de 2004 as 20:58, por: CdB

A Juventus, líder do Campeonato Italiano, ainda se recuperando de sua primeira derrota na temporada, encara a Fiorentina no estádio Delle Alpi na quarta-feira, na volta de uma das maiores rivalidades da Itália.

A Fiorentina esteve fora do grupo dos melhores times do país por dois anos, mas, após seu abandono, falência e renascimento, conseguiu a ascensão da Série B na temporada passada.

Durante a década de 90, as partidas envolvendo os dois times eram confrontos ardentes e muitos dos torcedores da Juve ainda consideram a Fiorentina o time que eles “amam odiar”.

Os torcedores em Florença nunca perdoaram a Juventus por contratarem o então jovem Roberto Baggio e ainda lembram de polêmicas arbitragens em jogos que aconteceram há mais de uma década.

Desta vez, há um ingrediente a mais no jogo. Dois jogadores rejeitados pela Juventus estarão em campo com as camisas roxas da rival.

O atacante Fabrizio Miccoli foi surpreendentemente vendido pela Juve à Fiorentina no último dia de transferências para ajudar na chegada do centroavante sueco Zlatan Ibrahimovic.

“Não sinto que fui traído”, disse Miccoli. “No final, finalizamos o acordo juntos e a Fiorentina é um grande clube.”

“Então, não tenho sentimentos de revanche, mas tenho de admitir que esta é uma partida especial. Eu era um jogador da Juve há alguns meses”, afirmou.

Assim como Miccoli, que será a principal ameaça à defesa da Vecchia Signora, a Fiorentina vai apresentar Enzo Maresca, ex-meio-campista da equipe de Turim. O jogador recebeu uma simbólica purificação por parte dos torcedores após ter chegado a Florença.

O meio-campista Angelo Di Livio, de 38 anos, que foi parte da bem-sucedida Juventus de Marcelo Lippi na metade da década de 90, estará no banco de reservas da Fiorentina. Ele é o único jogador daquele time rebaixado que permanece no clube.

A Juventus ainda não havia perdido uma partida do Campeonato Italiano ou da Copa dos Campeões da Uefa antes de sábado, quando foi derrotada pelo Reggina. Alessandro Del Piero, que começou no banco em Calábria, retorna ao ataque ao lado de Ibrahimovic.