Kodak anuncia prejuízos referentes ao segundo semestre do ano

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado quarta-feira, 20 de julho de 2005 as 12:01, por: CdB

Dez mil empregos adicionais serão eliminados na empresa de produtos fotográficos Eastman Kodak. Nesta quarta-feira a empresa anunciou ter registrado prejuízos no segundo trimestre de 2005, pelo terceiro ano consecutivo. Em um comunicado divulgado em Nova York, a empresa informou que as perdas no período se elevam a US$ 146 milhões, ou US$ 0, 51 por ação, frente aos ganhos de US$ 136 milhões, ou US$ 0,46 por ação, há um ano.

Os ingressos atingiram US$ 3,69 bilhões, o que representa um crescimento de 6,4% sobre os US$ 3,46 bilhões do segundo trimestre de 2004 e frente a previsões de US$ 3,65 bilhões estimadas pelos analistas.

Ao anunciar os resultados, a empresa acrescentou que o corte de postos de trabalho será maior, devendo oscilar entre os 22,5 mil e 25 mil, o que pressupõe custos totais de, pelo menos, US$ 2,7 bilhões. O quadro de pessoal da Kodak, no início do ano, era de 54,8 mil trabalhadores, enquanto que um ano antes somava 64 mil.

“O decepcionante começo na primeira metade do ano deixa claro que necessitamos fazer algumas mudanças e fazê-las agora”, assinalou a empresa por meio de um comunicado.