Kyrgios acusa ATP de ser ‘corrupta’ após vitória no Aberto dos EUA

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 28 de agosto de 2019 as 13:29, por: CdB

Nick Kyrgios, um dos personagens mais incendiários do tênis, que recentemente recebeu uma multa de seis dígitos devido a um ataque de nervos em Cincinnati.

Por Redação, com Reuters – de Nova York

Nick Kyrgios, um dos personagens mais incendiários do tênis, que recentemente recebeu uma multa de seis dígitos devido a um ataque de nervos em Cincinnati, pode ter mais problemas por ter descrito a ATP como “corrupta” após sua partida de estreia no Aberto dos Estados Unidos.

Nick Kyrgios durante partido do Aberto dos EUA

O australiano, famoso por seus rompantes dentro e fora da quadra, conseguiu se manter razoavelmente calmo ao derrotar o norte-americano Steve Johnson por 6-3, 7-6(1) e 6-4 no jogo da primeira rodada na terça-feira.

Mas na coletiva de imprensa pós-jogo, o tenista volúvel de 24 anos provocou mais uma comoção depois de ser indagado sobre a multa de 113 mil dólares que recebeu após sua derrota para o russo Karen Khachanov na segunda rodada do Masters 1000 de Cincinnati no início do mês.

Kyrgios foi questionado se a punição, imposta por conduta antidesportiva, ofensa verbal e obscenidade audível depois de discutir com o árbitro de cadeira e quebrar duas raquetes, o afetou.

– Nem um pouco. A ATP é bem corrupta mesmo, então não estou nem um pouco incomodado com isso – respondeu Kyrgios, que em Wimbledon visitou um pub na véspera de sua derrota para Rafael Nadal na terceira rodada. “Fui multado em 113 mil por quê?”

– Por que estamos falando de uma coisa que aconteceu três semanas atrás quando acabei de derrubar alguém na primeira rodada? – acrescentou.

A discussão continuou, apesar de o agente de Kyrgios, John Morris, e uma autoridade da ATP tentarem intervir, já que o jogador perguntou ao repórter se ele já xingou alguém.

– Você também não é um atleta de elite. Só responda a minha pergunta. Você já xingou alguém?

Outro jornalista perguntou a Kyrgios se ele estava insinuando que atletas de elite têm direito de xingar pessoas, ao que ele respondeu: “Não. Só estou dizendo que as pessoas ficam frustradas. Acontece”.

A ATP, da qual não foi possível obter comentários de imediato nesta quarta-feira, disse no início do mês que estudará se mais ações, incluindo uma “multa adicional e/ou suspensão” são justificadas após o incidente de Cincinnati.

Andy Murray

Em uma partida longe do Aberto dos EUA, que começou na segunda-feira, o britânico Andy Murray conquistou sua primeira vitória individual após ter sido submetido a uma cirurgia nos quadris que foi decisiva para sua carreira.

O atleta de 32 anos, ex-número um do mundo, destruiu o adolescente novato francês Imran Sibille por 6-0 e 6-1 e se classificou para a segunda rodada do Torneio Aberto Rafa Nadal Challenger, quase sem transpirar na abafada noite em Mallorca.

Murray, cuja cirurgia foi para recobrir o quadril em janeiro, optou por não competir na elite do esporte em Flushing Meadows, entrando no circuito de segunda linha da ATP pela primeira vez desde 2005 para aos poucos retornar às quadras.

As luxuosas instalações de última geração da Academia Rafa Nadal ficam nos arredores da cidade de Manacor, berço do espanhol vencedor de 18 títulos de Grand Slam, cercadas por verdes colinas.

A decisão de Murray de participar do torneio aconteceu de última hora e trouxe novos espectadores. Muitos deles deixaram de lado a praia e se amontoaram ao lado da quadra para assistir à partida do três vezes vencedor de Grand Slams Murray, que durou 42 minutos.

Sibille não tem posição no ranking da ATP e só ganhou 150 dólares com o esporte até hoje. Pode ser que o confronto contra Murray seja o ponto alto de sua carreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *