Lauda quer Coulthard na Red Bull

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado terça-feira, 16 de novembro de 2004 as 11:39, por: CdB

A experiência do escocês David Coulthard seria boa para a nova equipe da Fórmula 1, Red Bull, afirmou o ex-campeão da categoria Niki Lauda. A empresa austríaca de bebidas energéticas, dirigida pelo bilionário Dietrich Mateschitz, selou a compra da Jaguar na segunda-feira, último dia de inscrição para o campeonato de 2005.

– Ele (Mateschitz) precisa contratar as pessoas certas para o carro ser rápido – disse Lauda, outro austríaco, ao jornal Der Standard.

– O David Coulthard está procurando uma equipe e seria uma boa solução com sua experiência – disse ainda. 

Coulthard, de 33 anos, não tem equipe para a próxima temporada após deixar a McLaren. O escocês, que venceu mais corridas que qualquer outro corredor da F-1 atual, excluindo-se da lista o heptacampeão Michael Schumacher, negociava com a Jaguar antes de a Ford decidir vendê-la.

A Red Bull apoiou a contratação do estreante austríaco Christian Klien na Jaguar, em 2004. A empresa tem um grande interesse em promover jovens pilotos. Mas Lauda afirmou:

– Não é crucial que um piloto como Christian Klien sente no cockpit. Mateschitz deveria oferecer testes também aos jovens, mas deveria contratar apenas os pilotos mais rápidos – ressaltou. 

O diretor da equipe, Tony Purnell, disse:

– Obviamente Coulthard estaria na nossa lista, mas ainda não há decisão alguma tomada quanto aos nossos pilotos. 

Klien, de 21 anos, afirmou estar feliz e aliviado com a compra da Jaguar pela Red Bull, mas se mantém cauteloso quanto ao seu futuro.

– É muito cedo para fazer declarações definitivas – afirmou à agencia de notícias austríaca APA.

– Meu futuro não estava e não está apenas ligado à aquisição da Jaguar pela Red Bull – enfatizou. 

Klien irá testar com a equipe em 24 de novembro, no circuito de Barcelona. Um porta-voz da escuderia confirmou que o italiano Vitantonio Liuzzi, de 23 anos, um piloto júnior da Red Bull que correu na Fórmula 3000 pela Arden neste ano, também fará testes com o time. Luizzi disse ao jornal italiano Gazzetta dello Sport, nesta terça-feira, que suas esperanças de disputar a Fórmula 1 no próximo ano reviveram com a compra da Red Bull.