Leões de zoológico de Barcelona testam positivo para coronavírus

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 8 de dezembro de 2020 as 13:06, por: CdB

Quatro leões do zoológico de Barcelona tiveram resultado positivo para covid-19, disseram autoridades veterinárias nesta terça-feira, apenas o segundo caso conhecido em que felinos grandes contraíram coronavírus.

Por Redação, com Reuters – de Barcelona

Quatro leões do zoológico de Barcelona tiveram resultado positivo para covid-19, disseram autoridades veterinárias nesta terça-feira, apenas o segundo caso conhecido em que felinos grandes contraíram coronavírus.

Quatro leões do zoológico de Barcelona tiveram resultado positivo para covid-19
Quatro leões do zoológico de Barcelona tiveram resultado positivo para covid-19

Três fêmeas chamadas Zala, Nima e Run Run, e um macho, Kiumbe, foram testados depois que os tratadores notaram que eles apresentavam sintomas leves de coronavírus.

Dois funcionários do zoológico também testaram positivo para coronavírus, segundo as autoridades, após o surto ter sido detectado no mês passado.

As autoridades estão investigando como os leões foram infectados.

Os tratadores realizaram testes PCR nos leões da mesma forma que os humanos são testados, já que os animais estão acostumados com o contato da equipe do zoológico.

O Serviço Veterinário de Barcelona contatou colegas no Zoológico do Bronx, em Nova York, onde quatro tigres e três leões testaram positivo para covid-19 em abril. É o único outro zoológico em que grandes felinos contraíram coronavírus. Todos estão recuperados.

Infecção por Sars-CoV-2 em felinos

“O zoológico contatou especialistas internacionais, como o Serviço Veterinário do Zoológico do Bronx, o único que documentou casos de infecção por Sars-CoV-2 em felinos”, disse o zoológico de Barcelona em um comunicado.

“Os leões receberam cuidados veterinários para sua condição clínica branda, semelhante a uma gripe muito leve, por meio de tratamento antiinflamatório e monitoramento, e os animais responderam bem.”

O macho de 4 anos e as fêmeas, todas com 16 anos, não tiveram contato com outros animais no zoológico, que está aberto à visitação.