Levante apresenta queixa contra Barcelona por uso de jogador ‘inelegível’

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 18 de janeiro de 2019 as 12:33, por: CdB

O Levante disse que o defensor do Barça Juan “Chumi” Brandáriz não poderia ter participado do jogo do dia 10 de janeiro, que o Levante venceu por 2 a 1, já que estava suspenso do time B do Barcelona devido uma infração cometida em partida da terceira divisão espanhola.

Por Redação, com Reuters – de Barcelona

O Levante apresentou uma queixa à Federação Espanhola de Futebol (RFEF) afirmando que o Barcelona utilizou um jogador inelegível em seu jogo de ida das oitavas de final da Copa do Rei, disse o time da liga espanhola em comunicado publicado no Twitter nesta sexta-feira.

Borja Mayoral, do Levante, e Juan Brandáriz, do Barcelona

Se a RFEF decidir contra o Barcelona, que nega ter violado qualquer regra, o clube pode ser desclassificado da Copa, que ganhou nos últimos quatro anos, e o Levante assumiria o lugar nas quartas de final. O sorteio da próxima fase deve acontecer nesta sexta-feira.

O Levante disse que o defensor do Barça Juan “Chumi” Brandáriz não poderia ter participado do jogo do dia 10 de janeiro, que o Levante venceu por 2 a 1, já que estava suspenso do time B do Barcelona devido uma infração cometida em partida da terceira divisão espanhola.

O Barcelona, que já venceu a Copa do Rei um recorde de 30 vezes, venceu o jogo de volta na quinta-feira por 3 a 0, vencendo no placar agregado por 4 a 2.

O porta-voz do Barcelona, Josep Vives, disse na quinta-feira que o clube acreditava que Chumi podia jogar uma vez que havia visto memorando da RFEF, segundo o qual suspensões sofridas por jogadores de um time reserva deveriam ser cumpridas na divisão em que costumam jogar.

O maior obstáculo para a queixa é que o prazo terminou na segunda-feira, embora a RFEF já tenha aceitado reclamações feitas por times fora do prazo.

Pogba elogia Solskjaer

O Manchester United redescobriu seu potencial de ataque sob comando do técnico interino Ole Gunnar Solskjaer, disse o meio-campista Paul Pogba.

Solskjaer substituiu José Mourinho em dezembro e tem tido o início mais bem-sucedido de um técnico na história do clube, vencendo todas as suas seis primeiras partidas.

O técnico, de 45 anos, abandonou a abordagem defensiva favorecida por Mourinho e tem tentado restaurar o futebol fluído que foi marco das equipes mais bem-sucedidas do United, sob comando de Alex Ferguson.

– Do jeito que estamos jogando, nós temos mais posse de bola. Nós sabemos mais onde atacar e onde ir – disse Pogba ao canal Sky Sports, antes do jogo em casa com o Brighton & Hove Albion, no sábado, pela Premier League.

– Nós temos mais um padrão de jogo e mais uma estrutura. Isso facilita para todo mundo.

Pogba, que frequentemente era instruído a assumir o papel de meio-campista defensivo com Mourinho, tem recebido maior liberdade de ataque do sucessor do português, respondendo com quatro gols e quatro assistências nas últimas cinco partidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *