Lewis Hamilton conquista pole position no Japão 

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Últimas Notícias
Publicado sábado, 6 de outubro de 2018 as 13:34, por: CdB

O piloto da Mercedes, em forma dominante durante o fim de semana no circuito de Suzuka, teve volta de 1 minuto e 27,760 segundos em pneus supermacios, embora a chuva estivesse fraca.

Por Redação, com Reuters – de Tóquio

O líder da Fórmula 1, Lewis Hamilton, conquistou sua 80ª pole position no Grande Prêmio do Japão neste sábado, cronometrando sua única volta rápida à perfeição, enquanto Sebastian Vettel, da Ferrari, conseguiu somente a nona posição.

Lewis Hamilton, da Mercedes, em treino da F1, Suzuka, Japão

O piloto da Mercedes, em forma dominante durante o fim de semana no circuito de Suzuka, teve volta de 1 minuto e 27,760 segundos em pneus supermacios, embora a chuva estivesse fraca.

Vettel e o companheiro de Ferrari Kimi Raikkonen, que saiu com pneus intermediários na parte final das classificatórias com a pista ainda seca, perdeu tempo voltando para colocar pneus supermacios.

O alemão então cometeu outro erro em sua primeira volta rápida e não conseguiu outra chance, conforme a garoa intermitente se transformou em uma forte chuva que encharcou a pista.

Bottas

Enquanto isso, Hamilton, que junto ao companheiro de equipe Valtteri Bottas havia escolhido de primeira pneus supermacios para vencer a chuva, iluminava os placares de tempo.

– A equipe fez um trabalho incrível neste fim de semana, e a escolha que fizemos na Q3 foi provavelmente a mais difícil – disse o britânico, acompanhado por Bottas na fileira da frente após o finlandês garantir uma segunda vaga seguida na fileira da frente para a Mercedes.

– É muito difícil quando a pressão é para fazer a escolha certa, mas esta é a grande diferença entre nós neste ano e é por isto que nós somos os melhores e somos a equipe que merece isto – acrescentou Hamilton.

Vetttel segue 50 pontos atrás de seu colega tetracampeão no placar, com somente quatro corridas restantes após o Japão. Suas esperanças estão se desbotando rapidamente e ele precisa de sorte para reacender seu desafio.

– Obviamente não é a posição que merecíamos estar – disse o piloto de 31 anos. “Acho que temos velocidade melhor que nono, mas vamos começar de lá e ver como as coisas vão”.

– Qualquer coisa pode acontecer no domingo. Amanhã é um novo dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *