Líder de Cabo Verde declara vitória em eleições marcadas pela covid-19

Arquivado em: África, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 19 de abril de 2021 as 11:06, por: CdB

O primeiro-ministro de Cabo Verde declarou vitória no domingo após os resultados que colocam o seu partido à frente nas eleições legislativas, que esteve dominada pela pandemia de covid-19 e seus duros efeitos na economia do país.

Por Redação, com Sputnik – de Praia

O primeiro-ministro de Cabo Verde declarou vitória no domingo após os resultados que colocam o seu partido à frente nas eleições legislativas, que esteve dominada pela pandemia de covid-19 e seus duros efeitos na economia do país.

Líder de Cabo Verde declara vitória em eleições marcadas pela pandemia

– É uma grande vitória, a vitória de Cabo Verde – disse Ulisses Correia e Silva, citado pela agência de notícias France-Presse, enquanto os seus apoiadores se reuniam diante do quartel-general de seu partido em Praia, a capital do país lusófono.

– Nós fomos bem sucedidos em convencer os cabo-verdianos sobre a condução correta do governo em tempos muito difíceis e da correção de nossas propostas para o futuro – acrescentou, segundo à AFP.

De acordo com os resultados de 95% das seções de votação apuradas pela comissão eleitoral, o partido do líder de 58 anos, Movimento para a Democracia (MpD), que está no poder desde 2016, tinha 36 dos 72 assentos da Assembleia Nacional do pais até o final da noite de domingo.

Assentos da Assembleia

Para conseguir a maioria absoluta, o partido precisa de pelo menos 37 assentos na câmara, o que ainda é possível, pois quatro cadeiras são destinadas à diáspora cabo-verdiana nas Américas, Europa e África, cujos votos ainda não foram contabilizados.

O MpD, contudo, tem uma boa vantagem para o opositor Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), que é liderado pela advogada de 42 anos, Janira Hopffer Almada, e obteve 26 assentos até o momento.

O turismo de estrangeiros corresponde a cerca de um quarto da economia do arquipélago, um setor que foi extremamente prejudicado pela pandemia de covid-19, que restringiu a vinda de visitantes. Em 2020, o país registrou uma recessão histórica de 14,8%.

Apesar de ser um país insular localizado a cerca de 600 quilômetros de distância da costa do Senegal, Cabo Verde vem sofrendo com um surto de coronavírus. Com 189 casos para cada 100.000 habitantes, o país tem o índice mais alto de toda a África, segundo os dados dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças da África para o período entre os dias 5 e 11 de abril.