Líder tucano no Senado diz que vice-presidente é ‘abilolado’

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado segunda-feira, 2 de junho de 2003 as 17:03, por: CdB

O líder do PSDB no Senado, Arthur Virgílio (AM), afirmou nesta segunda-feira que as opiniões do vice-presidente da República, José Alencar, sobre as decisões do Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central) são “abiloladas”.

O vice-presidente disse nesta segunda-feira no Palácio do Planalto que o Copom precisa tomar decisões políticas para reduzir a taxa básica de juros, hoje em 26,5%.

– Ele fala olhando para o umbigo do setor que ele representa. A conversa dele é abilolada. Ele está sendo insensato – afirmou.

Alencar, além de político, é um dos maiores empresários do setor têxtil do país, com patrimônio estimado em R$ 9,6 milhões.

PFL

O líder do PFL no Senado, José Agripino (PFL-RN), ao contrário de Virgílio, defendeu Alencar. O pefelista afirmou que o vice-presidente está mostrando coerência ao atacar os juros altos, ao contrário do presidente Lula.

– A questão dos juros virou um ícone do que o PT propunha na campanha eleitoral e do que faz no governo – disse.

Governo

Do lado do governo, a postura é de silêncio. O líder governista no Senado, Aloizio Mercadante (PT-SP), recusou-se a comentar as declarações feitas nesta segunda-feira pelo vice-presidente. Contudo, o senador já se declarou, assim como o vice, favorável à redução dos juros nas últimas semanas.