Líderes da UE suspendem conversas sem definir nomes para altos cargos

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 1 de julho de 2019 as 12:43, por: CdB

Uma cúpula da União Europeia foi suspensa nesta segunda-feira porque líderes nacionais não conseguiram chegar a um acordo.

Por Redação, com Reuters – de Bruxelas

Uma cúpula da União Europeia foi suspensa nesta segunda-feira porque líderes nacionais não conseguiram chegar a um acordo durante 20 horas de conversas sobre quem deve assumir os principais cargos do bloco.

Frans Timmermans, em Bruxelas

Os líderes do 28 países-membros da UE pareciam próximos de um acordo, depois que diplomatas disseram que o socialista holandês Frans Timmermans estava bem encaminhado para assumir como presidente da Comissão Europeia, mas o posto é apenas um de cinco que precisam ser decididos, entre eles o de presidente do Banco Central Europeu.

As conversas serão retomadas na terça-feira, disse uma autoridade da UE.

A resistência à escolha de Timmermans partiu de nações do leste europeu e do Partido Popular Europeu, de centro-direita, que quer o cargo de executivo-chefe do bloco para seu próprio agrupamento político.

Indagada sobre o pomo da discórdia, uma autoridade da UE respondeu: “O pacote inteiro”.

A cúpula

A cúpula é a terceira tentativa de preencher os cargos ao menos pelos próximos cinco anos.

O avanço lento dos debates, nos quais se tenta equilibrar os gêneros e refletir a composição do Parlamento Europeu, ressalta os problemas de tomada de decisões mais abrangentes enfrentados pela UE, que vem mostrando dificuldade para reagir a uma série de crises, da migração à mudança climática e aos efeitos da crise financeira global.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *