Londres alerta para nova cepa do coronavírus, ainda mais letal

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Saúde, Últimas Notícias
Publicado sábado, 19 de dezembro de 2020 as 15:00, por: CdB

O premiê Boris Johnson detalhará os seus planos, diante de um aumento nas infecções em Londres e no sudeste da Inglaterra,  ligadas a uma nova variante mais transmissível do vírus.

Por Redação, com Reuters – de Londres

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, discutiu com seus principais ministros neste sábado que ação urgente tomar depois que foi confirmado que uma nova cepa do vírus da covid-19 pode se espalhar mais rapidamente e levar a um aumento de casos.

Avisos quanto ao surgimento de uma nova cepa do coronavírus estão distribuídos pela capital Londres
Avisos quanto ao surgimento de uma nova cepa do coronavírus estão distribuídos pelas ruas de Londres

A agência de notícias British Broadcasting Company (BBC) informou que Londres e o sudeste da Inglaterra serão colocados em um nível mais alto de restrições e que o governo reduzirá uma planejada flexibilização das regras para o Natal, mas não deu mais detalhes.

Johnson concederá uma entrevista coletiva nas próximas horas, em que falará quais são seus planos diante de um aumento nas infecções em Londres e no sudeste da Inglaterra, ligadas a uma nova variante mais transmissível do vírus.

Novos casos

O diretor médico da Inglaterra, Chris Whitty, disse que, embora não haja evidências no momento de que a variante do novo coronavírus tenha causado uma taxa de mortalidade mais alta ou impactado as vacinas, um trabalho urgente está em andamento para confirmar isso.

“Alertamos a Organização Mundial da Saúde e continuamos analisando os dados disponíveis para melhorar nosso entendimento”, afirmou Whitty em um comunicado.

O Reino Unido registrou 28.507 novos casos de covid-19 na sexta-feira e 489 mortes, com o número de reprodução “R” estimado entre 1,1 e 1,2, o que significa que o número de casos está aumentando rapidamente.