Lula retorna à Europa, dessa vez para receber homenagem em Paris

Arquivado em: Brasil, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020 as 15:49, por: CdB

O título honorário de cidadão de Paris foi concedido a Lula quando ele ainda era mantido como preso político, em Curitiba, e é um reconhecimento do legado do líder brasileiro no combate à fome.

Por Redação – de São Paulo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva retornará à Europa, na próxima semana, para uma série de compromissos internacionais com o objetivo de discutir a desigualdade no mundo e a situação política brasileira, no âmbito internacional. Estão previstas agendas em Paris, Genebra e Berlim. Em Paris, Lula receberá do título de cidadão honorário da capital francesa das mãos da prefeita parisiense, Anne Hidalgo.

O papa Francisco e Lula se cumprimentam, no encontro em Roma, nesta quinta-feira
O papa Francisco e Lula se cumprimentam, no encontro em Roma, há duas semanas

O título honorário de cidadão de Paris foi concedido a Lula quando ele ainda era mantido como preso político, em Curitiba, e é um reconhecimento do legado do líder brasileiro no combate à fome. A viagem do ex-presidente acontece poucas semanas após o encontro dele com o Papa Francisco; além de debater a redução da desigualdade e da fome no mundo.

Lula Livre

Em Paris, Lula deve se reunir com lideranças políticas, partidos, sindicatos e intelectuais franceses. Na terça-feira, o ex-presidente participará do Festival Lula Livre em Paris, no Teatro do Sol, às 19h30. O evento também vai contar com a presença da ex-presidente Dilma Rousseff e do ex-prefeito Fernando Haddad.

Em sua passagem por Genebra no dia 6, Lula se encontrará com representantes do Conselho Mundial das Igrejas (CMI), que congrega mais de 340 igrejas em mais de 120 países, onde discutirá a desigualdade social, tema central do encontro com o Papa Francisco no Vaticano. Ainda na Suíça, o ex-presidente participa de encontro com representantes sindicais.

Já em Berlim, Lula vai se reunir com líderes políticos e com representantes do movimento sindical alemão. No dia 9, o ex-presidente participará do Encontro em Defesa da Democracia no Brasil, ato público em que reunirá representantes dos comitês internacionais Lula Livre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *