Mãe e bebê são mortos a facadas na Zona Oeste

Arquivado em: Destaque do Dia, Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020 as 14:55, por: CdB

Segunda a Polícia Militar, agentes do 18ºBPM (Jacarepaguá) foram acionados às 5h30 para verificar uma informação de agressão doméstica, onde a vítima pedia por socorro.

Por Redação, com agências de notícias – do Rio de Janeiro

Uma mãe e um bebê de seis meses foram mortas a facadas no nesta sexta-feira na Gardênia Azul, em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio.

Uma mãe e um bebê de seis meses foram mortas a facadas no fim da madrugada desta sexta-feira
Uma mãe e um bebê de seis meses foram mortas a facadas no fim da madrugada desta sexta-feira

Segunda a Polícia Militar, agentes do 18ºBPM (Jacarepaguá) foram acionados às 5h30 para verificar uma informação de agressão doméstica, onde a vítima pedia por socorro.

Ao chegar ao local, os policiais encontraram os corpos de Marileide da Silva Nascimento, de 24 anos, e seu filho Bryan Lucas. As vítimas tinham marcas de várias facadas pelos corpos. A polícia ainda não encontrou o assassino.

Associação criminosa

Policiais da DECON (Delegacia do Consumidor) realizaram, na quinta-feira, em São Cristovão, o cumprimento de mandado de prisão condenatória de Carlos José Zacarias da Silva, acusado de cometer o crime de associação criminosa.

Após as formalidades de praxe ele será encaminhado ao sistema prisional.

Operação

Agentes da 146ªDP (Guarus) realizaram, a operação diáspora, com a finalidade de cumprir mandados de prisão por crimes de homicídio.

A investigação teve início após os crimes ocorrerem em uma festa no distrito de Santa Maria, no ano de 2018, em Campos dos Goytacazes.

Na operação, os três alvos foram presos no Estado de Espírito Santo, em Marataízes. Com eles foram apreendidos duas pistolas, dois revólveres e munições.

Crime

Policiais da Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA) realizaram, na quinta-feira, um mandado de busca e apreensão de um adolescente por fato análogo ao crime de roubo.

Ele é investigado por cometer o fato a um veículo que presta serviços de transporte por aplicativo.

O mandado foi expedido pela Vara da Infância e Juventude e ele já está à disposição da justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *