Mais instituições do setor financeiro elevam risco das criptomoedas

Arquivado em: Comércio, Indústria, Negócios, Serviços, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 29 de setembro de 2020 as 15:43, por: CdB

Cerca de 60% dos entrevistados dos setores financeiro e governamental afirmaram na pesquisa realizada pelo grupo de estudos Royal United Services Institute e pela Associação de Especialistas contra Lavagem de Dinheiro que criptomoedas são mais um risco do que uma oportunidade. O uso ilícito delas é uma das principais preocupações dos especialistas no segmento.

Por Redação, com Reuters – de Nova York, NY-EUA

O setor financeiro e governos, em sua maioria, avaliam as criptomoedas como arriscadas e citam potencial para que moedas digitais como bitcoin sejam usadas em esquemas de lavagem de dinheiro e de evasão de sanções, afirma um levantamento divulgado nesta terça-feira.

As criptomoedas podem se tornar uma ameaça ao dólar, no futuro
As criptomoedas podem se tornar uma ameaça ao dólar, no futuro

Cerca de 60% dos entrevistados dos setores financeiro e governamental afirmaram na pesquisa realizada pelo grupo de estudos Royal United Services Institute e pela Associação de Especialistas contra Lavagem de Dinheiro que criptomoedas são mais um risco do que uma oportunidade. O uso ilícito delas é uma das principais preocupações.

O estudo é um dos mais detalhados esforços até agora para mapear as visões dos tomadores globais de decisões sobre criptomoedas, mostrando o nível de cetismo em relação à tecnologia.

Sanções

O levantamento indica que ainda existem grandes dificuldades para que as criptomoedas ganhem aceitação mais ampla, apesar de países estarem discutindo como regulá-las. A União Europeia, por exemplo, vai lançar novas regras sobre algumas moedas digitais até 2024.

A percepção de que as criptomoedas são usadas por criminosos está profundamente enraizada, segundo a pesquisa. Quase 90% dos entrevistados do setor financeiro mostraram preocupação sobre moedas digitais sendo usadas para lavagem de dinheiro. Mais de 80% estão preocupados com a utilização de moedas digitais como forma de contornar sanções impostas no sistema financeiro formal.

“Todos os pesquisados disseram que as criptomoedas são vulneráveis a criminosos”, resumiram os autores do levantamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *