Malan defende integração do Brasil no processo de discussão da Alca

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado segunda-feira, 7 de julho de 2003 as 15:54, por: CdB

A Área de Livre Comércio das Américas (Alca) é inevitável e um país como o Brasil tem de ser parte integrante desse processo e discussão. A afirmação é do ex-ministro da Fazenda, Pedro Malan. Segundo ele, os Estados Unidos importam algo como US$ 1,3 trilhão e esse é um fato importante a ser considerado, além do poder de penetração dos mercados das empresas brasileiras de vários setores, como o agronegócio.

Malan disse que a integração no hemisfério não é fácil. Nunca uma negociação comercial foi fácil, disse ele, por que há interesses de muitos países.

– Mas acho que esse processo é inexorável e o Brasil tem um papel importante a desempenhar não deve imaginar que pode ficar à margem – avaliou.