Mandatário se diverte enquanto aumenta número de mortos na Bahia

Arquivado em: Política, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 30 de dezembro de 2021 as 16:53, por: CdB

Há três dias no Estado, Bolsonaro tem dividido as publicações de suas redes com respostas às críticas que vem recebendo por não marcar presença nas cidades baianas atingidas pelas fortes chuvas, onde o número de mortos aumentou para 25 às vésperas do Ano Novo, e registros de seus encontros com apoiadores em praias, passeios, bares e restaurantes.

Por Redação – de Florianópolis

O presidente Jair Bolsonaro (PL) tem abusado no contato sem máscaras e na proliferação de tumultos. Ele voltou a publicar em suas redes sociais, nesta quinta-feira, os registros de encontro que teve com apoiadores durante sua passagem em São Francisco do Sul (SC). Os mais recentes foram em uma pizzaria, onde posou para fotos e cumprimentou apoiadores e na cidade praiana catarinense, em mais um passeio de moto aquática.

Bolsonaro, parque
Bolsonaro, de capacete, prepara-se para uma sessão de derrapagens em um parque de diversões, em Santa Catarina

Há três dias no Estado, Bolsonaro tem dividido as publicações de suas redes com respostas às críticas que vem recebendo por não marcar presença nas cidades baianas atingidas pelas fortes chuvas, onde o número de mortos aumentou para 25 às vésperas do Ano Novo, e registros de seus encontros com apoiadores em praias, passeios, bares e restaurantes.

Os casos ocorrem após o presidente se encontrar com o deputado Coronel Armando (PSL-SC), que relatou em suas redes sociais ter testado positivo para covid-19 e informado Bolsonaro.

Povo baiano

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, inclusive, diminuiu a questão. Na quarta-feira 29 em entrevista na saída da sede do Ministério da Saúde, Queiroga afirmou que Bolsonaro “está ótimo” e minimizou o risco do encontro entre o presidente e o parlamentar.

— O presidente está ótimo. Aliás, contato com pessoas que têm covid todos nós temos e, muitas vezes, a gente nem sabe, porque boa parte é assintomática — disse o ministro.

Na véspera, a hashtag #BolsonaroVagabundo esteve entre os assuntos mais comentados do Twitter. As postagens faziam críticas à decisão do presidente de não ter ido, in loco, acompanhar os trabalhos realizados para socorrer o povo baiano. Bolsonaro chegou a ir ao Estado em 12 de dezembro e apenas sobrevoou as regiões afetadas, mas não retornou ao local desde as chuvas mais recentes.

Nesta manhã, Bolsonaro foi a um parque de diversões, onde praticou derrapagens em um carro usado para filmagens no local. O programa recolocou o mandatário entre os assuntos mais comentados do dia, com ampla maioria das opiniões contrárias às práticas do governante e pela falta de sensibilidade para com o drama dos atingidos pelas chuvas, no Sul da Bahia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code