Mandatário neofascista insiste em desconhecer o risco da pandemia

Arquivado em: Política, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 2 de abril de 2020 as 18:16, por: CdB

Ao conversar com pastores que o aguardavam em frente ao Palácio da Alvorada nesta tarde, o mandatário neofascista disse ainda que “60% ou 70%” dos brasileiros serão contaminados pelo coronavírus.

Por Redação – de Brasília

Enquanto o número de infectados com o vírus Sars-CoV-2 aumenta, exponencialmente, e a pandemia deixa um rastro de milhares de corpos, em todos os continentes, o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a afirmar, nesta quinta-feira, que desconhece qualquer hospital no Brasil que esteja lotado por conta do coronavírus e que a epidemia “não é tudo isso que estão pintando”.

Cada vez mais preocupado com a possibilidade de ser removido do cargo, o presidente Bolsonaro quer reabrir o comércio
Cada vez mais preocupado com a possibilidade de ser removido do cargo, o presidente Bolsonaro quer reabrir o comércio e quebrar as regras de isolamento social

As declarações do presidente têm causado um profundo desconforto com os demais poderes da República.

Governadores

Ao conversar com pastores que o aguardavam em frente ao Palácio da Alvorada nesta tarde, o mandatário neofascista disse ainda que “60% ou 70%” dos brasileiros serão contaminados pelo coronavírus e que a tentativa é de atrasar a infecção para que os hospitais possam atender, mas fez a ressalva de que não conhecia hospitais lotados.

Bolsonaro ainda voltou a criticar os governadores que adotaram medidas restritivas de isolamento social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *