Marcelo e Kroos voltam a ser relacionados para jogo do Real Madrid

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 12 de dezembro de 2018 as 13:31, por: CdB

O defensor brasileiro, que se recuperou de lesão recentemente, demorou a voltar ao time, devido avaliação da comissão técnica de que era necessário o aprimoramento físico.

Por Redação, com EFE – de Madri

O lateral-esquerdo Marcelo e o meia alemão Toni Kroos voltaram a ser relacionados pelo técnico do Real Madrid, Santiago Solari, para o jogo com o CSKA Moscou, pela última rodada do grupo G da Liga dos Campeões, que acontecerá no estádio Santiago Bernabéu.

O lateral-esquerdo Marcelo e o meia alemão Toni Kroos voltaram a ser relacionados pelo técnico do Real Madrid

O defensor brasileiro, que se recuperou de lesão recentemente, demorou a voltar ao time, devido avaliação da comissão técnica de que era necessário o aprimoramento físico.

– Queremos que esteja no time com constância, fino e que esteja bem. É um jogador fantástico, mas não nos serve se jogar uma partida e não a seguinte. Queremos ele em todas – disse Solari, ontem, em entrevista coletiva concedida na véspera do jogo.

Kroos, por sua vez, volta após três partidas de ausência, devido dores no joelho direito. Por outro lado, os defensores Nacho e Sergio Reguilón, o volante Casemiro e o atacante Mariano Díaz seguem fora devido problemas físicos.

Já o zagueiro Sergio Ramos e o meia Dani Ceballos serão poupados por Solari, já que a partida é mero cumprimento de tabela pelo Real Madrid, já classificado às oitavas de final, com direito a primeiro lugar garantido na chave.

Jogos da Champions

O presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, e o presidente da Associação de Clubes Europeus (ECA) e da Juventus, Andreas Agnelli, discutem atualmente um plano para que a Liga dos Campeões seja disputada nos fins de semana, segundo informações da revista alemã Sport Bild.

A ideia, de acordo com publicação, é passar as partidas para os fins de semana para aumentar a audiência das transmissões pela televisão no mundo todo.

Em alguns países a diferença de horário dificulta acompanhar as partidas da Liga dos Campeões na terça-feira e na quarta-feira. Por exemplo, na China – um mercado que a Uefa pretende conquistar – as partidas começam às 4h da manhã.

A reforma significaria que os campeonatos nacionais passariam a ser disputados com mais frequência no meio da semana. Agnelli, segundo a revista alemã, propõe uma redução do número de equipes que disputam os torneios continentais para facilitar a reforma. De acordo com Sport Bild, a Liga Alemã de Futebol (DFL) conhece os planos e se posiciona contra a mudança.

Outro aspecto da reforma afetaria a fase de grupos dos torneios continentais. Não haveria mais oito grupos de quatro equipes cada, mas quatro de oito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *