Maria Sharapova sofre lesão em torneio a 10 dias do Aberto da Austrália

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 4 de janeiro de 2019 as 12:41, por: CdB

Sharapova mostrou dificuldade de se movimentar em quadra e perdeu o primeiro set por 6-1. O técnico Thomas Hogstedt exortou a russa a melhorar o nível de seu jogo ou pedir assistência médica.

Por Redação, com Reuters – de Londres/Los Angeles 

Os preparativos da tenista ex-número um do mundo Maria Sharapova para o Aberto da Austrália sofreram um contratempo depois que uma lesão na coxa a obrigou a desistir do confronto das quartas de final do Aberto de Shenzhen contra Aryna Sabalenka, nesta sexta-feira.

A tenista ex-número um do mundo Maria Sharapova

Sharapova mostrou dificuldade de se movimentar em quadra e perdeu o primeiro set por 6-1. O técnico Thomas Hogstedt exortou a russa a melhorar o nível de seu jogo ou pedir assistência médica.

– Se você se sentir mais como se sentiu no primeiro ponto, então deve parar. Ou pede assistência médica agora – disse. “Mas os golpes estão aí… você tem que engatar outra marcha”.

Depois de receber tratamento fora da quadra entre os sets, Sharapova se animou, manteve o saque e pressionou Sabalenka no game seguinte, criando três oportunidades de quebra.

Mas Sabalenka reagiu e abriu 4-2, e em seguida a russa não conseguiu mais continuar e desistiu da partida.

Sharapova, que venceu o Aberto da Austrália de 2008, triunfou no Aberto de Tianjin em 2017 depois de cumprir uma suspensão de 15 meses por doping, mas tem passado apertos nos torneios de Grand Slam.

Roland Garros

Ter chegado às quartas de final de Roland Garros no ano passado lhe deu motivos para ficar otimista, mas eliminações precoces em Wimbledon e no Aberto dos Estados Unidos mostraram que seu tênis ainda não estava no nível mais alto do esporte.

Número 13 do ranking, Sabalenka enfrentará a vencedora do jogo entre a romena Monica Niculescu, que veio do qualifier, e a chinesa Wang Yafan em busca de uma vaga na final.

O Aberto da Austrália começa em Melbourne no dia 14 de janeiro.

Serena Williams

A tenista norte-americana Serena Williams anunciou, em entrevista à agência inglesa de notícias Reuters , que vai estrelar uma campanha de marketing do aplicativo de rede social Bumble que durará todo o ano e começará com uma mensagem de empoderamento feminino no Super Bowl de 3 de fevereiro.

O Bumble surgiu em 2014 como uma plataforma de encontros para mulheres conversarem com parceiros em potencial. A empresa pretende divulgar funções mais recentes como a Bumble BFF e Bumble Bizz, que ajudam as mulheres a encontrarem amigas e formar redes de negócios, além de namorar.

Na campanha batizada de “A Bola está na Quadra Dela”, Serena incentivará as mulheres a tomar a iniciativa em todos os aspectos da vida.

– A sociedade nos ensinou, como mulheres, a ficar de canto e não necessariamente ser a primeira a se pronunciar. Queremos pegar isso e inverter a história – disse Serena.

– Estamos avisando que não temos medo – acrescentou. “Não queremos mais nos acovardar. Queremos nos manifestar”.

Serena, uma das maiores atletas do mundo, tentará igualar um recorde conquistando seu 24º título de simples de Grand Slam no Aberto da Austrália neste mês.

O amplo portfólio de patrocínios da tenista fez dela a esportista feminina mais bem paga de 2018, segundo a revista Forbes. Ela também integra o conselho da empresa de tecnologia SurveyMonkey.

Serena ajudou a criar a campanha da Bumble, que foi desenvolvida e produzida inteiramente por mulheres, e atuará como conselheira global da companhia.

– Eu não estaria onde estou hoje se deixasse o medo de dar o primeiro passo me segurar – disse.

A campanha será divulgada em diversas plataformas, informou a Bumble, e sua estreia coincidirá com o Super Bowl, a final do campeonato de futebol americano dos EUA, que atrai a maior audiência televisiva do ano no país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *