Mastercard suspende campanha com Neymar após acusação de estupro

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 6 de junho de 2019 as 14:03, por: CdB

Neymar foi acusado por uma brasileira de tê-la estuprado em um hotel de Paris, para onde ela foi para encontrar o jogador depois de ter as despesas com passagem e hospedagem pagas por ele, de acordo com boletim de ocorrência feito pela suposta vítima.

Por Redação, com Reuters – do Rio de Janeiro

A Mastercard suspendeu campanha publicitária protagonizada pelo atacante Neymar após o jogador ser alvo de acusação de suposto estupro até que o assunto seja resolvido, segundo reportagem do portal UOL publicada nesta quinta-feira.

Neymar chega de muletas ao Aeroporto Internacional de Brasília

Procurada pela Reuters, a Mastercard não confirmou a suspensão da campanha com Neymar por ocasião da Copa América, e se limitou a dizer, em nota, que tem “uma série de ativações de marketing planejadas para o decorrer do campeonato que são focadas em promover o uso do pagamento por aproximação”.

A assessoria de imprensa de Neymar não respondeu de imediato a um pedido de comentário.

De acordo com a reportagem do UOL, a Mastercard enviou um comunicado ao portal informando que tomou a “decisão de parar aquelas ativações que incluem o embaixador da marca até que o assunto seja resolvido”.

Neymar foi acusado por uma brasileira de tê-la estuprado em um hotel de Paris, para onde ela foi para encontrar o jogador depois de ter as despesas com passagem e hospedagem pagas por ele, de acordo com boletim de ocorrência feito pela suposta vítima.

O jogador nega as acusações e afirma que é alvo de uma armadilha. Ele diz que a relação sexual foi consentida e divulgou troca de mensagens que teve com a suposta vítima, incluindo fotos íntimas encaminhadas por ela. A divulgação das imagens gerou uma segunda investigação contra o atleta.

O jogador foi cortado da seleção brasileira para a disputa da Copa América, que acontecerá de 14 de junho a 7 de julho, devido a um lesão no tornozelo direito sofrida em amistoso com o Catar na noite de quarta-feira em Brasília, informou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) nesta quinta-feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *