MDB não vai admitir candidato avulso na eleição para o Senado

Arquivado em: Política, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 30 de janeiro de 2019 as 18:48, por: CdB

A senadora Simone Tebet (MS) já anunciou oficialmente sua intenção de disputar, dentro da bancada, com o senador Renan Calheiros (AL), que por ora nega ser candidato. Questionado sobre a possibilidade de integrante da sigla concorrer por fora, sem a indicação da bancada, Maranhão negou e argumentou que “regimentalmente” não haveria possibilidade de uma candidatura avulsa dentro da bancada.

 

Por Redação – de Brasília

 

Uma das maiores bancadas da Casa, o MDB no Senado definiu em reunião na tarde desta terça-feira que buscará o consenso em torno de apenas um nome para concorrer à Presidência. Não haverá candidatura avulsa de integrante do partido, afirmou o senador José Maranhão (PB).

O senador reeleito Renan Calheiros (MDB-AL) diz que não é candidato, mas poderá ser o novo presidente do Senado
O senador reeleito Renan Calheiros (MDB-AL) diz que não é candidato, mas poderá ser o novo presidente do Senado

A senadora Simone Tebet (MS) já anunciou oficialmente sua intenção de disputar, dentro da bancada, com o senador Renan Calheiros (AL), que por ora nega ser candidato.

— Uma coisa ficou absolutamente acertada consensualmente, por unanimidade, vamos dizer: o MDB tem um candidato e não abrirá mão da candidatura — disse Maranhão, referindo-se à tradição na Casa de a maior bancada —no caso, o MDB— indicar um nome para o posto.

Renan candidato

Questionado sobre a possibilidade de integrante da sigla concorrer por fora, sem a indicação da bancada, Maranhão negou e argumentou que “regimentalmente” não haveria possibilidade de uma candidatura avulsa dentro da bancada.

— O MDB, se tem candidato próprio, não pode ter candidatura avulsa. Isso é uma questão lógica — disse o senador paraibano, após a reunião da bancada, na véspera.

Embora tenha negado ser candidato ao posto — a não ser que seja essa a postura majoritária da bancada — o emedebista Renan Calheiros se movimenta nos bastidores.

— Eu só serei candidato se essa for a decisão do MDB. Eu quero com todas as minhas forças me dedicar à eleição do candidato da bancada, é isso que vou fazer — concluiu Renan.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *