Médium João de Deus, agora preso, diz que se entrega à Justiça da terra

Arquivado em: Brasil, Últimas Notícias
Publicado domingo, 16 de dezembro de 2018 as 17:57, por: CdB

O pedido de prisão preventiva, sem prazo para soltura, foi determinada pela Justiça na tarde de sexta-feira, a pedido do Ministério Público.

 

Por Redação – de Goiânia

 

O médium João Teixeira de Faria, de 76 anos, o João de Deus, entregou-se à polícia neste domingo, nas proximidades de Abadiânia, região central de Goiás. O suspeito de cometer estupros em série e abusos sexuais às suas pacientes, foi levado para uma delegacia no local.

O médium João de Deus chegou a ser considerado foragido, mas se entregou à Justiça, neste domingo
O médium João de Deus chegou a ser considerado foragido, mas se entregou à Justiça, neste domingo

O pedido de prisão preventiva, sem prazo para soltura, foi determinada pela Justiça na tarde de sexta-feira, a pedido do Ministério Público (MP-GO) e da Polícia Civil de Goiás. Cerca de 300 mulheres afirmam ter sido vítimas do suspeito, que nega todas as acusações.

Buscas

Segundo a Polícia Civil, João de Deus se apresentou espontaneamente à Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic). Ele estava acompanhado de advogados e ainda não existe decisão sobre o local onde ele ficará detido. As autoridades informaram também que não foram usadas algemas na operação.

Até o sábado, a polícia havia realizado buscas em mais de 30 endereços do médium sem sucesso. Ele chegou a ser considerado foragido pelo Ministério Público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *