Membros dos ‘184’ ocupam sede da OEA em Porto Príncipe

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado segunda-feira, 1 de dezembro de 2003 as 02:58, por: CdB

Vários membros do grupo dos ‘184’ (organizações da sociedade civil e de empresários) anunciaram no último domingo em um comunicado que concluíram no último sábado a ocupação do local da missão da Organização dos Estados Americanos (OEA) em Porto Príncipe.

O grupo denunciou no comunicado a incapacidade da OEA de fazer valer os direitos humanos no país.

Nove representantes do grupo ocuparam a sede da missão da organização na capital haitiana desde terça-feira passada reclamando, entre outras coisas, a libertação de dois de seus membros.

David Apaid, sobrinho de André Apaid, coordenador dos ‘184’, e Charles Baker, vice-presidente da Associação de Indústrias do Haiti (ADIH), estão presos desde 14 de novembro sob a acusação de porte ilegal de armas.

Os ‘184’ e a ADIH negam as acusações, que classificam de ‘perseguições de caráter político da parte do governo’.

O governo do presidente Jean Bertrand Aristide, por sua vez, nega que o assunto tenha caráter político e alega se tratar de uma decisão da Justiça.