Menino de dois anos morre contamindado com antraz em Hong Kong

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado terça-feira, 10 de junho de 2003 as 10:35, por: CdB

Um menino de 2 anos morreu vítima de antraz no mês passado em Hong Kong, mas o governo descartou que possa ter sido um ataque terrorista. O caso foi divulgado nesta terça-feira pelo Departamento de Saúde do território chinês, que afirmou que a criança provavelmente comeu algum alimento contaminado.

– Tal infecção é extremamente rara e ainda estamos tentando descobrir a causa – afirmou um porta-voz.

O garoto teve dores de estômago, vômito e febre e foi hospitalizado no fim de maio, morrendo logo depois. Uma infecção semelhante ocorreu em Hong Kong em 1994, quando antraz matou um menino de 13 anos por, suspeita-se, comida contaminada.

O antraz vive na forma de esporos no solo por um longo período e geralmente está associado a doenças no gado e em carneiros. O microbiologista John Tam disse que é raro para humanos se infectarem com antraz em um ambiente natural.

Se detectado a tempo, o antraz – que às vezes se manifesta através de uma infecção pulmonar – pode ser curado com antibióticos. Em 2001, antraz em pó foi enviado em uma série de cartas nos Estados Unidos, onde cinco pessoas morreram.