Mercado livreiro movimenta R$ 2,4 bi

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado terça-feira, 6 de maio de 2003 as 18:20, por: CdB

O mercado de livros movimenta hoje no Brasil cerca de R$ 2,4 bilhões, desempenhando um papel importante na economia pela capacidade geradora de mão-de-obra de sua cadeia produtiva, integrada pelas indústrias de papel e gráfica. Para o presidente do Sindicato Nacional dos Editores de Livros, Paulo Rocco, o livro deve ser encarado como elemento de cultura e ensino, mas também como indústria.

Rocco está promovendo os últimos acertos para a XI Bienal Internacional do Livro, que será realizada no Riocentro, no período de 15 a 25 deste mês, reafirmando a preocupação do setor com as pequenas editoras. A política de incentivo à participação de micro e pequenas empresas foi incentivada pelo sindicato na edição da Bienal 2003, dando às editoras segmentadas ou de pequeno porte um espaço só para elas – a Calçada Literária – que reunirá 32 editoras em um único ambiente, cujo piso imita o calçadão de Copacabana e onde os visitantes poderão obter descontos de até 40%.

Somadas às 66 editoras de pequeno e médio portes filiadas à Libre, que também participarão da feira em espaço reservado de 800 metros quadrados, a Bienal de 2003 completa 20 anos somando perto de 100 pequenas empresas expositoras. A bienal foi criada em 1983, no Hotel Copacabana Palace, e é realizada a cada dois anos na cidade do Rio.