Messi pede mais foco ao Barça após superar barreira das quartas na Champions

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 17 de abril de 2019 as 13:11, por: CdB

O Barcelona sofreu uma derrota humilhante para a Roma nas quartas de final do ano passado, e Messi pediu aos colegas de time que mostrem mais concentração em seu próximo confronto europeu, alertando que outros times podem não ser tão clementes.

Por Redação, com Reuters – de Barcelona/Turim

O Barcelona sentiu um grande alívio ao superar os fracassos recentes nas quartas de final da Liga dos Campeões derrotando o Manchester United, mas mesmo assim Lionel Messi criticou o início de jogo vacilante de seu time.

Lionel Messi, do Barcelona, comemora gol contra o Manchester United

O Barça deu duas chances no começo da partida de volta de terça-feira, mas Messi o encaminhou para uma vitória tranquila de 3 a 0 com dois gols fulminantes e Philippe Coutinho fez sua contribuição para levar o placar agregado a 4 a 0.

Marcus Rashford, atacante do United, acertou o travessão aos dois minutos e depois chutou uma bola fácil para o goleiro Marc-André ter Stegen, e Scott McTominay chegou a penetrar na área, mas perdeu o controle da bola antes de poder bater.

O Barcelona sofreu uma derrota humilhante para a Roma nas quartas de final do ano passado, e Messi pediu aos colegas de time que mostrem mais concentração em seu próximo confronto europeu, alertando que outros times podem não ser tão clementes.

Essa mensagem é ainda mais pertinente porque seu oponente na semifinal provavelmente será o Liverpool, que tem uma vantagem de 2 a 0 em sua disputa de quartas de final com o Porto e tem a reputação de dominar seus rivais no início dos jogos.

– Não podemos começar assim em nenhum jogo da Liga dos Campeões – disse Messi aos repórteres.

– Dissemos isso desde o início, tivemos a experiência da Roma, você não pode se dar a luxo de dificultar a própria vida porque um erro pode te eliminar da competição. Temos que estar cientes disso.

Depois de sobreviver aos sustos iniciais, o Barça mostrou uma nova garra defensiva e conseguiu passar por uma terceira partida eliminatória da Liga dos Campeões sem sofrer gols.

– Nós ficamos muito mais sólidos, ao longo da temporada sofremos um pouco na defesa, mas o time todo está fazendo um esforço enorme e isso dificulta muito para os oponentes nos atacarem – acrescentou o argentino.

– Passamos três anos sem chegar às semifinais, mas não tivemos nenhum sentimento negativo. Sabíamos que tínhamos um bom saldo de gols, estamos felizes de estar nas semifinais, mas precisamos continuar.

O Barcelona não conquista o maior troféu europeu desde 2015, apesar de dominar a liga espanhola, e teve que assistir com inveja seu arquirrival Real Madrid vencer três títulos consecutivos na competição.

Ajax exibe grande futebol e elimina Juventus

O Ajax produziu uma exibição fascinante de futebol criativo para vencer a Juventus por 2 a 1 fora de casa na terça-feira e acabar com o sonho da equipe italiana de vencer a Liga dos Campeões da Europa.

O capitão de 19 anos de idade do Ajax, Matthijs de Ligt, deu a vitória em cabeçada após cobrança de escanteio aos 22 minutos do segundo tempo da partida de volta das quartas de final, decretando uma vitória por 3 a 2 no agregado para os holandeses, que avançaram às semifinais pela primeira vez desde 1996/97.

Cristiano Ronaldo, que venceu as últimas três edições do torneio pelo Real Madrid e buscava seu quarto título consecutivo, colocou a Juventus à frente aos 28 minutos da etapa inicial, em cabeçada ao seu estilo, anotando seu sexto gol na competição.

Seis minutos depois, porém, Donny van de Beek igualou o marcador, antes de os visitantes dominarem a Juve no segundo tempo com ataques envolventes e eliminarem mais um favorito da Liga dos Campeões, após terem batido o Real Madrid na fase anterior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code