Mexicano Sergio Peres chega à primeira vitória da carreira, no caótico GP de Sakhir

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Fórmula 1, Últimas Notícias
Publicado domingo, 6 de dezembro de 2020 as 17:02, por: CdB

A sorte de Perez parecia ter sido perdida logo na primeira curva, quando o seu carro foi atingido pela Ferrari de Charles Leclerc e ele caiu para a 18ª posição, mas tudo mudou.

Por Redação, com Ansa – de Manama

O mexicano Sergio Perez, da Racing Point, ainda sem um contrato para a próxima temporada, venceu o caótico Grande Prêmio de Sakhir de Fórmula 1, neste domingo. É a primeira vez que o piloto conquista uma vitória na categoria. Esteban Ocon, da Renault, e Lance Stroll, também da Racing Point, fecharam o pódio.

O mexicano Sergio Perez comemora sua primeira vitória em um GP de Fórmula 1, no Bahrain
O mexicano Sergio Perez comemora sua primeira vitória em um GP de Fórmula 1, no Bahrein

A sorte de Perez parecia ter sido perdida logo na primeira curva, quando o seu carro foi atingido pela Ferrari de Charles Leclerc e ele caiu para a 18ª posição. No acidente, Max Verstappen, da Red Bull, acabou parando no muro ao tentar desviar da colisão.

Já George Russell, que substituiu Lewis Hamilton na Mercedes, tomou a ponta logo no início ao ultrapassar o companheiro de equipe, Valtteri Bottas. Os dois pilotos, inclusive, pareciam que iriam levar a corrida com facilidade, mas um Safety Car que entrou na volta 62 após uma leve batida de Jack Aitken, da Williams, mudou completamente a prova.

Pneu furado

A Mercedes chamou seus dois pilotos para um pit stop e cometeu uma série de erros – colocando pneus errados em Russell, o que pode lhe causar uma desclassificação da prova – e se atrapalhando completamente na parada de Bottas.

Com isso, Perez, Ocon e Stroll foram para a ponta, seguidos por Bottas e Russell. O britânico então começou sua retomada em busca da liderança, ultrapassando até chegar na segunda posição.

Porém, um furo no pneu obrigou o britânico a ir para os boxes novamente e Perez conseguiu ir sem problemas para a vitória. Após a vitória, o mexicano chorou e agradeceu todo o trabalho da equipe.

A outra Ferrari, de Sebastian Vettel, terminou na 12ª colocação.

A temporada de 2021 da Fórmula 1 termina no próximo domingo no GP de Abu Dhabi.