México encerra eleições e resultado será divulgado no início desta segunda-feira

Arquivado em: América Latina, Mundo, Últimas Notícias
Publicado domingo, 1 de julho de 2018 as 23:02, por: CdB

Há denúncias, que estão em processo de investigação, de compra de votos e também de propaganda eleitoral fora da lei, principalmente nas redes sociais.

Por Redação, com agências internacionais – de Cidade do México

As eleições gerais no México, que reúnem 89,1 milhões de eleitores, marcam também a campanha política com maior número de mortes e agredidos. Porém, as votações ocorreram neste domingo, sem transtornos mais graves, segundo informações das agências de notícias e da Justiça Eleitoral.

Violência

Os eleitores mexicanos foram às urnas neste domingo para eleger o próximo presidente
Os eleitores mexicanos foram às urnas neste domingo para eleger o próximo presidente

Os eleitores tiveram acesso às urnas até às 20h (horário de Brasília) para votar. Os resultados, no entanto, somente deverão ser conhecidos nas primeiras horas desta segunda-feira. A  consultoria Etellekt informou que foram mais de 140 políticos assassinados e pelo menos 627 agredidos.

Há denúncias, que estão em processo de investigação, de compra de votos e também de propaganda eleitoral fora da lei, principalmente nas redes sociais.

Líderes partidários e forças de segurança de seis estados do México têm relatado casos de ameaças a eleitores e desvios de conduta de políticos. Um dos casos investigados envolvem cédulas alteradas e ausência de informação oficial às autoridades eleitorais.

Eleições históricas

Disputam a Presidência da República, cujo mandato é de 6 anos, os seguintes candidatos:

Andrés Manuel López Obrador (Coalizão Juntos Faremos História: Morena, PT, PES), José Antonio Meade (Coalizão Todos por México: PRI, PVEM, PANAL), Ricardo Anaya Cortés (Coalizão Por México al Frente: PAN, PRD, Movimento Cidadã) e Jaime Heliodoro Rodríguez Calderón (Independente).

As eleições no México são consideradas as maiores e mais importantes do país desde 1910, porque, além do presidente, os mexicanos elegem 128 senadores e 17.628 cargos em oito governos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *