México flexibiliza restrições e setor automotivo retomará atividade

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 13 de maio de 2020 as 14:21, por: CdB

O governo mexicano anunciou nesta quarta-feira um plano para retomar gradualmente as atividades no país, restritas desde março por causa do coronavírus, permitindo que o setor automotivo, fortemente ligado à economia dos Estados Unidos, retome as operações a partir de 18 de maio.

Por Redação, com Reuters – da Cidade do México

O governo mexicano anunciou nesta quarta-feira um plano para retomar gradualmente as atividades no país, restritas desde março por causa do coronavírus, permitindo que o setor automotivo, fortemente ligado à economia dos Estados Unidos, retome as operações a partir de 18 de maio.

Metrô na Cidade do México
Metrô na Cidade do México

O Conselho de Saúde incluiu o setor automotivo, juntamente com a mineração e a construção, em uma lista de atividades essenciais na terça-feira, após semanas de paralisia e confinamento para conter a disseminação do coronavírus.

Em uma entrevista coletiva liderada pelo presidente Andrés Manuel López Obrador, a secretária de Economia, Graciela Márquez, disse nesta quarta-feira que a reabertura dessas três indústrias entrará em vigor entre os dias 18 e 31 de maio.

O plano de retornar ao “novo normal”, conforme definido pelo governo, inclui três etapas. Na primeira, que começa em 18 de maio, 200 dos 3 mil municípios do país retomarão completamente suas atividades, embora com restrições sanitárias, pois são os únicos que não apresentam infecções por coronavírus nem localidades vizinhas com pessoas infectadas.

Treinar seus funcionários

De 18 de maio a 1º de junho, será a segunda etapa, na qual as empresas deverão treinar seus funcionários para ter um local de trabalho seguro, reajustar o espaço e os processos de produção e criar filtros de entrada para seus funcionários.

A terceira, a partir de 1º de junho, incluirá um semáforo que mudará para vermelho, amarelo ou verde, dependendo da situação em cada um dos 32 Estados mexicanos.

Nas últimas semanas, associações que representam fabricantes de autopeças, veículos pesados e fabricantes de automóveis trabalharam com autoridades de saúde mexicanas em autoavaliações e testes no local e virtualmente para obter um retorno seguro às atividades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *