México bate recorde de novos casos de coronavírus em 24 horas

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 11 de junho de 2020 as 14:16, por: CdB

Com 4.883 casos confirmados de covid-19 de quarta para esta quinta-feira, o México bateu recorde de novos registros da doença nas últimas 24 horas. O número é 4% maior que o do dia anterior. No mesmo período, foram contabilizadas 708 mortes.

Por Redação, com ABr – da Cidade do México

Com 4.883 casos confirmados de covid-19 de quarta para esta quinta-feira, o México bateu recorde de novos registros da doença nas últimas 24 horas. O número é 4% maior que o do dia anterior. No mesmo período, foram contabilizadas 708 mortes.

País ocupa o quinto lugar, nas Américas, em número de contaminações
País ocupa o quinto lugar, nas Américas, em número de contaminações

Até o momento, o México registra 129.184 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus e 15.357 mortes. A maioria dos casos se concentra na Cidade do México (33.173).

O país vive o 11º dia da “nova normalidade”, processo de retomada gradual das atividades econômicas.

O plano mexicano traça uma reabertura por etapas sinalizas por um semáforo com quatro cores (vermelho, laranja, amarelo e verde) para indicar maiores e menores restrições. O vermelho significa maiores restrições e o verde, a volta de todas as atividades. A ideia foi implementada no dia 1º de junho em todo o país.

O país se encontra na cor “vermelha”, fase em que podem funcionar somente atividades essenciais, além de mineração, construção e transporte.

Atualmente, estão liberadas para funcionamento as seguintes atividades: restaurantes, apenas para entregas; cabeleireiros, apenas com atendimento em domicílio; parques, com no máximo 25% de sua capacidade; supermercados, com 50% da capacidade e autorização de entrada para apenas uma pessoa por família; e atividades esportivas (partidas) sem público, de portas fechadas.

As atividades que permanecem proibidas são academias de ginástica, bares, teatros, museus, shoppings centers, igrejas e espetáculos.

EUA

De acordo com o Centro de Ciência e Engenharia de Sistemas (CSSE) da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, o México ocupa o quinto lugar, nas Américas, em número de casos, ficando atrás apenas dos Estados Unidos (2.000.600), do Brasil (772.416), Peru (208.823) e Chile (148.456).

O subsecretário de Prevenção e Promoção da Saúde, Hugo López-Gatell, afirmou, em sua página no Twitter, que “em todos os casos, o gráfico de ocupação hospitalar mostra que não há saturação. Um novo crescimento em todos os 32 estados pode ocorrer se o relaxamento e a distância saudável forem relaxados”.

Dados do Ministério da Saúde do México indicam que o sistema de saúde tem conseguido responder ao aumento do número de casos. Segundo o órgão, existem 12.878 leitos desocupados e 10.952 ocupados. Além disso, há 4.930 leitos com ventiladores disponíveis e outros 3.121 ocupados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *