México: Trump critica proposta orçamentária do Congresso por falta de recursos para muro

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 20 de setembro de 2018 as 10:55, por: CdB

Anteriormente, Trump já ameaçou deixar o governo ser paralisado no dia 1º de outubro se não conseguir recursos para o muro.

Por Redação, com Reuters – de Washington

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, criticou o Congresso nesta quinta-feira por não incluir recursos para seu projeto de construir um muro na fronteira com o México na mais recente proposta orçamentária apresentada pelos parlamentares.

Presidente dos EUA, Donald Trump, durante entrevista coletiva em Washington

Em publicação no Twitter, Trump chamou a atual proposta de gastos de “ridícula” por não incluir recursos para um planejado muro na fronteira entre os Estados Unidos e o México, acusou democratas de bloquearem a proposta e pediu que seus colegas republicanos “sejam duros”.

O Senado norte-americano aprovou na terça-feira um enorme pacote de gastos que inclui fundos para financiar o governo federal até o dia 7 de dezembro para evitar uma paralisação do governo quando o atual financiamento acabar no dia 30 de setembro.

A medida dá aos parlamentares mais tempo para finalizar seus planos para as despesas do próximo ano, e evita irritar eleitores que poderiam ser deixados sem os serviços de agências federais semanas antes das eleições legislativas do dia 6 de novembro.

O projeto de lei também precisa ser aprovado pela Câmara dos Deputados e ser sancionado por Trump antes de entrar em vigor.

Anteriormente, Trump já ameaçou deixar o governo ser paralisado no dia 1º de outubro se não conseguir recursos para o muro.

– Eu quero saber, onde está o dinheiro para a segurança de fronteira e para o muro nessa proposta de gastos ridícula e de onde ele virá após as eleições? Democratas estão obstruindo o cumprimento da lei e a segurança de fronteira. Republicanos precisam finalmente ser duros – escreveu Trump no Twitter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *